Parentes do piloto jordaniano Maaz al-Kaseasbeh protestam diante do Palácio Real em Amã.
Grupo Estado Islâmico/Terrorismo

Jordânia promete “fazer de tudo” para salvar refém detido pelo EI

Depois do assassinato do refém japonês Kenji Goto, a Jordânia disse estar empenhada em salvar a vida do piloto jordaniano Maaz al-Kaseasbeh que também foi seqüestrado pelos extremistas do grupo Estado Islâmico. Os jihadistas exigem a liberdade da terrorista iraquiana Sajida al Rishawi em troca da libertação do piloto jordaniano.

Conteúdo sindicadoRepórter online
Conteúdo sindicadoDossiês especiais
Conteúdo sindicadoEconomia
Conteúdo sindicado+ RFI
Close