Tanzânia / Malawi  - 
Artigo publicado em 09 de Agosto de 2012 - Atualizado em 10 de Agosto de 2012

Diferendo sobre o Lago Niassa exacerba tensões entre o Malawi e a Tanzânia

Pormenor do Lago Niassa
Pormenor do Lago Niassa

Isabel Pinto Machado

 A linha de fronteira entre o Malawi e a Tanzânia em torno do Lago Niassa, estipulada em 1890 por um Tratado entre a Alemanha e a Grã-Bretanha, volta a opôr estes dois países e preocupa Moçambique, que vai assumir a presidência rotativa da SADC dia 18 de Agosto.

Moçambique, Malawi e Tanzânia partilham as águas do Lago Niassa, que o Malawi denomina Lago Malawi, com em pano de fundo rumores de existência de jazidas de petróleo e gás e ameaças de conflito entre estes dois últimos países.

Em finais de Julho a Tanzânia advertiu o Malawi para que pusesse termo à prospecção efectuada pela companhia britânica Surestream Petroleum, o que o Malawi recusou, alegando estar a fazer pesquisas nas suas águas territoriais, desde então assiste-se a uma escalada nas ameaças de momento apenas verbais.

 Silvério Rongwane, docente no Instituto Superior de Relações Internacionais .de Moçambique, considera que o Malawi brande o espectro de uma "ameaça externa" apenas com o fim de agregar a sua população.

 

Silvério Rongwane
 
09/08/2012
 
 

tags: África - África Lusófona - Conflito - Continente africano - Gás - Guerra - Lago Niassa - Malawi - Moçambique - Petróleo - SADC - Tanzânia
Comentários (1)

Axo k malawi tm razao

Nao entdo pork xta dixcuxao entre irmaos, max axo k o malawi tm razao.xpero k rexolvam exe axunto pacifikament,ja baxtam ax kerax em Afrika.

Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close