Últimas notícias
Angola - 
Artigo publicado em 20 de Agosto de 2012 - Atualizado em 20 de Agosto de 2012

Eleições em Angola suscitam apreensão

Logotipo da Comissão Nacional Eleitoral de Angola
Logotipo da Comissão Nacional Eleitoral de Angola
DR

Isabel Pinto Machado

Na perspectiva da eleição de 31 de Agosto, algumas empresas estrangeiras decidiram encerrar até finais de Setembro, as passagens de avião para a Europa estão esgotadas, enquanto os angolanos armazenam alimentos e outros produtos básicos.

Os partidos da oposição com destaque para a UNITA marcaram para 25 de Agosto manifestações em Angola e na diáspora (excluída da votação), para exigir que a CNE cumpra estritamente a lei, como garantia de um processo eleitoral livre e transparente.

Na recta final da campanha eleitoral, começam a surgir manifestações claras de apreensão ou mesmo "temor" face ao escrutínio : muitas empresas estrangeiras decidiram prolongar as suas férias e encerrar até finais de Setembro, as companhias aéreas afirmam que as reservas em direcção à Europa estão esgotadas, enquanto os cidadãos angolanos e outros que permanecem no país, começam a armazenar alimentos e outros bens de primeira necessidade.

Entretanto o diário financeiro Wall Street Journal publicado em Nova Iorque, afirma que a companhia petrolífera estatal angolana está a vender petróleo à Síria, o que já foi desmentido pela SONANGOL.

 Os pormenores com o nosso correspondente em Luanda, Avelino Miguel.

Correspondência de Avelino Miguel
 
20/08/2012
 
 

tags: África - África Lusófona - Angola - Campanha eleitoral - Eleição - Manifestação - UNITA
Comentários (3)

Questão: Que eestá em condições de fazer a Guerra caso perca ?

Resposta: MPLA - O único que tem tudo o que é necessário para fazer uma guerra. com os meios que só este partido tem, precisa proteger a Corrupção, o JES, os seus filhos, os condomínios sem moradores, os bajuladores, os Santomenses, como Manuel Vicente. Mas como foi este partido-governo que organizou a parte decissiva do processo eleitoral, desta vez não perder as eleições. Conclusão, não haverá guerra. Dúvidas?

nao queremos trobrus

estamos cansados ​​de guerra, o imperialismo nos deixa livres. simpre começam por suas prensas para enganar a opinião pública internacional. nao vamos aceitar que os angolanos resebem de imperialistes as armas par matar Angolanos . não queremos repetir os mesmos erros em Angola. um so povo, uma so nacao. viva angola..

A Síria não e aqui.

Imaginacao, muita imaginação... A Síria não e aqui..

Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close