SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE - 
Artigo publicado em 22 de Agosto de 2012 - Atualizado em 22 de Agosto de 2012

Novo chefe de Estado-maior das Forças Armadas em São Tomé e Príncipe

Centro da cidade de São Tomé.
Centro da cidade de São Tomé.
Miguel Martins/RFI

RFI

O tenente-coronel Felisberto Segundo e o tenente-coronel Horácio Sousa foram respectivamente nomeados Chefe de Estado-maior das Forças Armadas e vice-chefe de Estado-maior. Esta decisão foi tomada pelo governo são-tomense que tenta dar um outro impulso ao Estado-maior das Forças Armadas.

São Tomé e Príncipe tem desde hoje um novo Chefe de Estado-maior das Forças Armadas, o tenente-coronel Felisberto Segundo, e um novo vice-chefe de Estado-maior, Horácio Sousa.

Esta decisão do governo são-tomense foi facilitada pela lei de Defesa Nacional e das Forças Armadas aprovada pela Assembleia Nacional no dia 22 de Setembro de 2010, que criou dos ramos nas forças armadas, Exército e Guarda Costeira.

A nova lei também definia que o cargo de Chefe de Estado-maior das Forças Armadas devia ser exercido por um oficial general com o posto de brigadeiro, enquanto o vice-chefe do Estado-maior devia ser exercido por um coronel.

O tenente-coronel Felisberto Segundo e o tenente-coronel Horácio Sousa são assim promovidos em altas funções, que vão ter de começar a desempenhar porque têm de propor a nomeação dos comandantes do Exército, cargo ocupado pelo tenente-coronel Idalécio Pachire, e da Guarda Costeira.

Mais pormenores com Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé.

Correspondência de Maximino Carlos
 
22/08/2012
 
 

tags: África - África Lusófona - Forças Armadas - Governo - São Tomé e Príncipe
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close