Paraguai/crise - 
Artigo publicado em 13 de Julho de 2012 - Atualizado em 13 de Julho de 2012

Chanceler paraguaio diz que Brasil e Argentina recusam diálogo

Camponeses paraguaios manifestam em favor de presidente deposto em Assunção, no dia 25 de junho.
Camponeses paraguaios manifestam em favor de presidente deposto em Assunção, no dia 25 de junho.
REUTERS/Mario Valdez

O Paraguai está tentando dialogar com o Brasil e Argentina, vizinhos e integrantes de maior peso no Mercosul. Mas o chefe da diplomacia paraguaia, José Féliz Fernandez Estigarribia, diz que os chanceleres Antonio Patriota, do Brasil, e Héctor Timerman, da Argentina, não o atendem quando ele tenta um contato telefônico.

A declaração foi feita nesta sexta-feira pelo ministro paraguaio à rádio Cardinal, de Assunção. No último dia 22 de junho, o Congresso paraguaio destituiu Fernando Lugo da presidência através de um julgamento de impeachment sumário. Esse evento gerou críticas dos vizinhos e levou à suspensão temporária do Paraguai do Mercosul, até que novas eleições sejam realizadas.

Além disso, a Argentina retirou seu embaixador de Assunção, o Brasil chamou o seu representante para consultas e Patriota se disse a favor de uma sanção contra o Paraguai.

Na entrevista à rádio local, Fernandez Estigarriba assegurou que não há outros problemas diplomáticos pendentes. As hidrelétricas de Itaipú, que o Paraguai compartilha com o Brasil, e a de Yaciretá, construída com a Argentina, funcionam normalmente. “Os problemas da democracia se resolvem com mais democracia”, disse o representante paraguaio.

O chanceler paraguaio disse que Assunção aguarda parecer da Organização dos Estados Americanos (OEA), para depois iniciar diálogos com a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e o Mercosul. O secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, propôs aos 34 integrantes da OEA uma missão para monitorar a situação no país. A organização se reúne em breve para debater a proposta.

Lugo foi derrubado após um conflito de terras que levou 17 pessoas à morte.
 

tags: Impeachment - Mercosul - OEA - Paraguai
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários (1)

PARAGUAI-

Ái! Ái!
Mercosul das "arábias"...
E tome "ditadura"!

Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close