Últimas notícias
 
07 de Agosto de 2012
Confundidos com muçulmanos, Sikhs sofrem preconceito nos EUA
Sikhs rezam em templo na Califórnia após o atentado terrorista e xenófobo que matou seis fiéis em Wisconsin, nesta segunda-feira nos Estados Unidos.
Sikhs rezam em templo na Califórnia após o atentado terrorista e xenófobo que matou seis fiéis em Wisconsin, nesta segunda-feira nos Estados Unidos.
REUTERS/Max Whittaker
Silvano Mendes

Depois que um homem armado invadiu e matou seis pessoas dentro de um templo Sikh, neste domingo, em Wisconsin, nos Estados Unidos, as atenções no país e no mundo se voltaram para essa comunidade. Os Sikhs, que não são muçulmanos e nem discípulos de Alá, tendem a ser confundidos com os fiéis muçulmanos e sofrem preconceitos ao redor do mundo por usarem turbantes e barba.

A correspondente de RFI em Nova York, Carolina Bonadeo, analisa a origem dessa religião, Sikh ou Sikhismo, e o que ela prega, fala da presença da comunidade nos Estados Unidos e a sua estigmatização.

Close