Paraguai/Unasul - 
Artigo publicado em 12 de Outubro de 2012 - Atualizado em 12 de Outubro de 2012

Paraguai pode voltar à Unasul e ao Mercosul

Bandeira do Paraguai.
Bandeira do Paraguai.
IBGE/softonic.com.br

Países Sul-americanos vão discutir a possível volta do Paraguai em 30 de novembro. Se aprovada, os membros do Mercosul -também integrantes da Unasul- devem tomar a mesma decisão em 7 de dezembro.

De Márcio Resende, correspondente da RFI, em Buenos Aires,

Já tem data para uma eventual reincorporação do Paraguai aos foros regionais da União Sul-americana de Nações (Unasul) e do Mercado Comum do Sul (Mercosul). O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, disse que a reincorporação do Paraguai à Unasul será debatida pelos presidentes sul-americanos.

"É um tema que será retomado no nível de chefes de Estado e de Governo na próxima reunião da Unasul, dia 30 de novembro, em Lima, e também no âmbito do Mercosul durante a Cúpula de Brasília no dia 7 de dezembro", indicou Patriota, à saída de uma reunião com o chanceler argentino, Héctor Timmerman, em Buenos Aires, para repassar os principais temas da agenda bilateral.

A reincorporação do Paraguai só aconteceria ou depois das eleições presidenciais de 21 de abril ou depois da posse do futuro presidente eleito em 15 de agosto do ano que vem. Mas, segundo o chanceler Antonio Patriota, a realização de eleições no Paraguai não é uma condição.

"Quando houver plena vigência democrática no Paraguai, o Paraguai será reincorporado. Não há uma referência a eleições propriamente dita nessas decisões. Estamos aqui analisando e avaliando continuamente a situação do Paraguai", explicou o ministro.

O Paraguai foi suspenso em junho passado logo após um processo de impeachment relâmpago que destituiu o então presidente Fernando Lugo, acusado de mau desempenho. Para os países sul-americanos, houve um golpe institucional que desrespeitou a plena vigência da democracia, condição para pertencer tanto ao Mercosul quanto à Unasul.

Sem o Paraguai no bloco, os demais membros incorporaram imediatamente a Venezuela cuja adesão era impedida pelo Senado do Paraguai, contrário à ideia por justamente considerar que o presidente venezuelano Hugo Chávez não respeita a democracia.

Os presidentes sul-americanos vão-se reunir em Lima no dia 30 de novembro e os presidentes do Mercosul em Brasília no dia 7 de dezembro. A volta do Paraguai será um dos pontos centrais.

 

tags: Brasil - Mercosul - Paraguai - Unasul
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close