Últimas notícias
USA/Presidenciais - 
Artigo publicado em 24 de Outubro de 2012 - Atualizado em 24 de Outubro de 2012

Romney passa na frente de Obama na corrida pela Casa Branca

REUTERS/Brian Snyder

RFI

Uma pesquisa de opinião divulgada nessa quarta-feira aponta uma vantagem para Mitt Romney na corrida pela Casa Branca. O republicano contaria com 47% das intenções de votos entre os entrevistados, contra 46% para o atual chefe de Estado Barack Obama. Romney disse novamente durante um comício que será um presidente contra o aborto. 

A duas semanas das eleições presidenciais norte-americanas, o candidato Mitt Romney passou na frente de Barack Obama na corrida pela Casa Branca. Segundo uma pesquisa de opinião divulgada nessa quarta-feira, o republicano teria 47% das intenções de voto, contra 46% para o democrata.

A sondagem, realizada pelo instituto Ipsos para a agência de notícias Reuters, consultou apenas eleitores que pretendem votar até dia 6 de novembro, último dia para escolher o novo chefe de Estado. No entanto, ainda de acordo com a pesquisa diária, se forem analisados os norte-americanos que já votaram – já que nos Estados Unidos é possível votar antes do dia do pleito -, Obama teria 53% dos votos, contra 42% para Romney.

Gafes republicanas

Nessa quarta-feira o rival de Obama voltou a fazer declarações contestadas. Romney disse que continuará apoiando Richard Mourcock apesar de suas afirmações polêmicas sobre o aborto. O candidato de seu partido para o Senado chamou atenção há algumas semanas ao declarar que uma gravidez fruto de um estupro seria “a vontade de Deus”.

Apesar da declaração, o porta-voz do presidenciável disse que Romney não pretende abandonar Mourcock. “Nós não concordamos com a conduta a adotar nesses casos excepcionais de estupro ou de incesto, mas continuamos a apoiá-lo”, disse um porta-voz do candidato republicano à Casa Branca, frisando que as posições de Romney não refletem o ponto de vista de Mourdock.

Em uma reunião eleitoral nessa quarta-feira em Nevada, no oeste do país, o rival de Obama reafirmou que será um presidente contra a interrupção da gravidez. A única exceção para ele se aplicaria aos casos de estupro, de incesto e de risco para a vida da mãe.

tags: Aborto - Barack Obama - Eleições Americanas 2012 - Mitt Romney - Pesquisa de opinião
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close