Conteúdo sindicado
Adriana Moysés
Imagem do centro de São Paulo ilustra a reportagem sobre a Cracolândia na edição de quarta-feira (20) do Libération.
20/05/2015

Reportagem do Libération sobre Cracolândia revela incoerências das políticas públicas

O jornal Libération publica nesta quarta-feira (20) uma extensa reportagem sobre a Cracolândia, em São Paulo.
O cartunista Luz, nome artístico de Rénald Luzier, apresenta a capa da primeira edição que desenhou depois dos atentados de janeiro.
19/05/2015

Cartunista Luz explica por que vai deixar Charlie Hebdo

Em entrevista ao Libération nesta terça-feira (19), o cartunista Luz, um dos desenhistas mais famosos do jornal satírico Charlie Hebdo, conta por que razões decidiu deixar ...
Vladimir Putin e Angela Merkel.
09/02/2015

Falta de clareza sobre objetivos de Putin na Ucrânia perturba europeus

A crise na Ucrânia é a principal manchete internacional nos jornais desta segunda-feira (9), com chamadas de capa no Libération, Le Figaro e Les Echos.

Após eleições, neonazistas são terceira força política da Grécia
26/01/2015 - Linha Direta

Após eleições, neonazistas são terceira força política da Grécia

Um fenômeno marcante nesta eleição foi o desempenho dos neonazistas do partido Aurora Dourada.
Líder do Syriza, Alexis Tsipras, no discurso da vitória, em Atenas.
26/01/2015 - Grécia/ eleições

Tsipras propõe programa de 4 anos para recuperar economia da Grécia

O líder do partido de extrema esquerda Syriza, Alexis Tsipras, vencedor das eleições legislativas antecipadas neste domingo (25) , disse que vai propor um programa de investimentos de 4 anos para recuperar a economia do país. O atual chefe de governo, Antonis Samaras, da Nova Democracia, reconheceu a derrota nas urnas.Tsipras afirmou que o resultado indica que “o povo grego deixou a austeridade para trás” e prometeu que, a partir de agora, a Grécia “vai definir o seu próprio plano de reformas e mudanças”.

O primeiro-ministro grego Antonis Samaras fez o último discurso nesta sexta-feira.
23/01/2015 - Grécia/Eleições

Samaras pede para gregos evitarem “acidente” com eleição da esquerda radical

O primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, do partido conservador Nova Democracia, fez seu último comício de campanha na noite desta sexta-feira (23) no estádio olímpico ...
A presidente Dilma Rousseff durante a posse do segundo mandato, em Brasília, no dia 1° de janeiro de 2015.
04/01/2015

Libération questiona se Dilma conseguirá 'ressuscitar' o Brasil

O jornal de esquerda Libération questiona em sua edição deste sábado (3) se a presidente Dilma Rousseff poderá, no segundo mandato, "ressuscitar o milagre ...
O presidente François Hollande (esq.) recebe o relatório das mãos dos deputados Alain Clayes (centro) e Jean Leonetti (dir.) no Palácio do Eliseu.
12/12/2014 - França/Sociedade

Eutanásia volta ao debate na França com proposta de "sedação profunda"

A eutanásia volta ao debate público na França.
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente francês,François Hollande em Bruxelas. Outubro de 2014.
08/12/2014 - Imprensa

Angela Merkel cobra de François Hollande rapidez na adoção de reformas

Os jornais desta segunda-feira (8) destacam em suas manchetes uma advertência da chanceler alemã, Angela Merkel, à França e um novo pacote de medidas econômicas em estudo no governo.

Capa dos jornais franceses Le Figaro e Libération desta segunda-feira, 24 de novembro de 2014.
24/11/2014

Batalha pela presidência de 2017 começou com rival de Sarkozy vaiado

Começou a batalha pré-eleitoral no partido conservador francês UMP visando a eleição presidencial de 2017. O assunto é manchete nos jornais desta segunda-feira (24), após um encontro de militantes neste fim de semana na cidade de Bordeaux. Estavam presentes dois fortes "candidatos à candidatura" da UMP: o ex-presidente Nicolas Sarkozy e o ex-primeiro-ministro da era Chirac Alain Juppé, prefeito de Bordeaux.

Close