Conteúdo sindicado
Cristiana Soares
Militares são-tomenses agridem cidadão
28/01/2015 - São Tomé e Príncipe

Caso de violência pode dividir Presidência e Governo de São Tomé e Príncipe

A ausência de decisão por parte do Conselho Superior de Defesa Nacional num caso de espancamento de um civil que envolve o chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe ameaça abrir uma nova crise política no país. Presidência e Governo teriam posições diferentes sobre o sucedido.

Kobané e jihadismo em destaque na imprensa francesa
28/01/2015 - Revista de Imprensa

Kobané e jihadismo em destaque na imprensa francesa

A primeira grande derrota do autodenominado Estado Islâmico em Kobané é o grande destaque da imprensa francesa, que de uma forma geral lembra que foi ganha uma batalha mas a guerra, essa, está longe do seu término. O jihadismo em França continua a marcar as páginas dos jornais, com especial incidência para o percurso dos jihadistas franceses.

Alexis Tsipras é o novo primeiro-ministro da Grécia
26/01/2015 - Convidado

Alexis Tsipras é o novo primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras tomou posse, esta segunda-feira, como primeiro-ministro grego. O Syriza venceu as eleições legislativas antecipadas de domingo, obtendo 149 lugares do parlamento. O partido de Tsipras ficou à beira da maioria absoluta, facto que o obrigou a uma coligação, acordada com os nacionalistas Gregos Independentes, que conseguiram 13 deputados.

Viriato Soromenho-Marques, professor catedrático na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, analisa aqui as eleições gregas.

John Kerry, secretário de Estado norte-americano e Goodluck Jonathan, presidente da Nigéria. 25/01/15
25/01/2015 - Nigéria

John Kerry desloca-se à Nigéria

Deslocação de John Kerry a Lagos, capital económica da Nigéria. O secretário de Estado norte-americano desloca-se tendo em vista o futuro político do país, que dentro de três semanas deverá realizar eleições presidenciais e legislativas. Sufrágios que deverão os mais cerrados desde o regresso da democracia em 1999.

Morreu Fafali Koudawo, reitor da Universidade Colinas de Boé
24/01/2015 - Convidado

Morreu Fafali Koudawo, reitor da Universidade Colinas de Boé

Faleceu, ontem à tarde, Fafali Koudawo, reitor da Universidade Colinas de Boé.
Mediterrâneo: "a estrada mais mortal do mundo"
11/12/2014 - Convidado

Mediterrâneo: "a estrada mais mortal do mundo"

Em 2014, pelo menos 3.400 pessoas morreram nas águas do Mediterrâneo. O alerta foi dado pelo ACNUR, que pediu à Europa para enfrentar as causas reais e entender as razões pelas quais as pessoas fogem. A mesma Europa que deve adoptar formas de proteger as vítimas.

Estado da Palestina: que fará Hollande com o voto dos deputados?
03/12/2014 - Revista de Imprensa

Estado da Palestina: que fará Hollande com o voto dos deputados?

A contestação dos patrões à política do executivo liderado por Manuel Valls e o voto favorável dos deputados franceses à criação do Estado da Palestina, são os grandes destaques da imprensa desta quarta-feira. Os jornais, que não esquecem os últimos desenvolvimentos no seio da UMP, partido agora liderado pelo ex-presidente francês Nicolas Sarkozy.

Ordem dos Advogados de Moçambique também observou as eleições gerais
19/10/2014 - Convidado

Ordem dos Advogados de Moçambique também observou as eleições gerais

A Ordem dos Advogados de Moçambique participou na observação das eleições gerais de 15 de Outubro. Uma missão que decorreu em parceria com a Associação dos Advogados da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral.

Moçambique foi a votos a 15 de Outubro.
18/10/2014 - MOÇAMBIQUE

Moçambique: Líder da Renamo promete que não vai recorrer à violência

Afonso Dhlakama promete que não vai recorrer à violência, apesar de considerar as eleições gerais de 15 de Outubro uma "fantochada". Dhlakama disse estar pronto para negociar com o Governo a criação de "uma verdadeira democracia".

Moçambique: Elisabete Azevedo analisa as eleições gerais
17/10/2014 - Convidado

Moçambique: Elisabete Azevedo analisa as eleições gerais

Elisabete Azevedo, membro da missão de observadores do Instituto Eleitoral para a Democracia Sustentável em África, admite que houve incidentes durante o processo de votação designadamente nas províncias de Nampula e Tete, que com Angoche e Beira também registaram incidentes durante a contagem dos votos.
Esta missão de observação recomenda um maior equilibrio, nos recursos financeiros utilisados nas campanhas dos três principais partidos e registou ainda críticas sobre a falta de independência das forças de segurança.

Close