Conteúdo sindicado
Liliana Henriques
José Kalupeteka, no Huambo no passado 5 de Maio de 2015.
31/08/2015 - Angola

Defesa de Kalupeteka aguarda acusação

Continua incerta a situação de José Kalupeteka, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia A Luz do Mundo, cujos fiéis se envolveram em confrontos com a polícia no mês de Abril no Huambo. Durante estas violências, morreram 9 polícias e cerca de 20 civis segundo afirmam as autoridades, o balanço sendo de centenas de civis mortos, de acordo com a Unita e a Casa-CE na oposição.

A Guiné-Bissau na expectativa
29/08/2015 - Semana em África

A Guiné-Bissau na expectativa

Esta semana ficou marcada pela tomada de posição do parlamento guineense reclamando a destituição de Baciro Djá do posto de primeiro-ministro e a escolha de outro nome proposto pelo partido vencedor das eleições de 2014, os guineenses estando agora na expectativa sobre o rumo que irá tomar o país. Também a marcar a actualidade desta semana esteve Moçambique onde o líder da Renamo e o presidente Nyusi permanecem de costas voltadas.

Haïlé Sélassié, último imperador da Etiópia
27/08/2015 - Etiópia

40 anos da morte de Hailé Sélassié, último imperador da Etiópia

Faz hoje quarenta anos que morreu Hailé Selassié, o último imperador da Etiópia. Descendente directo da linhagem do rei Salomão e da rainha de Saba com mais de 3000 anos de História, esta que foi uma das figuras fundamentais do século XX em África, reinou entre 1930 e 1974, com um interregno de 5 anos durante a ocupação italiana de 1936 a 1941, acabando por ser deposto em 1974 e morrer em cativeiro a 27 de Agosto de 1975.

Sudão do Sul, um acordo de paz precário
27/08/2015 - Convidado

Sudão do Sul, um acordo de paz precário

Ontem, o presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, assinou o acordo de paz já rubricado há duas semanas pelo seu rival Riek Machar. Este documento que foi assinado sem convicção, com várias objecções e sob forte pressão internacional, prevê a partilha do poder durante um período de transição que deve durar até 2018. O Padre comboniano José Vieira que viveu largos anos no Sudão do Sul, analisa a situação deste país e as possíveis implicações deste acordo de paz.

Palácio da Presidência da Guiné-Bissau.
26/08/2015 - Guiné-Bissau

União Africana apela ao respeito da Constituição na Guiné-Bissau

Em comunicado divulgado hoje, o conselho de paz e segurança da União Africana apelou ao respeito pela"constituição e o estado de direito" bem como vincou "a absoluta necessidade das forças armadas e de segurança de se posicionarem do lado de fora desta crise actual".

A Constituição da Guiné-Bissau vista à lupa
26/08/2015 - Convidado

A Constituição da Guiné-Bissau vista à lupa

Ontem a Aliança Nacional para a Paz e Democracia, uma plataforma recentemente criada por várias organizações da sociedade civil, apelou a acções de desobediência civil e entregou ao presidente da Assembleia Nacional Popular uma petição em que pede um inquérito a violações da Constituição guineense alegadamente cometidas pelo Presidente da República. Em entrevista à RFI, Fodê Mané, jurista, activista dos Direitos Humanos e membro desta plataforma da sociedade civil, começa por explicar o que o leva a duvidar da constitucionalidade das decisões do Presidente da Guiné-Bissau.

Debate em torno da segurança nos transportes relançado em França
24/08/2015 - Convidado

Debate em torno da segurança nos transportes relançado em França

O Presidente francês François Hollande concedeu a Legião de Honra, a mais alta distinção do Estado francês aos 3 americanos e ao britânico cuja intervenção impediu uma matança na sexta-feira no comboio Thalys que fazia a ligação entre Amsterdão e Paris. Este episódio relançou contudo o debate em torno da segurança nos transportes públicos e nomeadamente nos comboios. Eis a análise de Stéphane Monclaire, politólogo ligado à Universidade da Sorbonne aqui em Paris.

Novo Primeiro-Ministro contestado na Guiné-Bissau
22/08/2015 - Semana em África

Novo Primeiro-Ministro contestado na Guiné-Bissau

Uma vez mais, a Guiné-Bissau dominou a actualidade dos últimos dias, o Presidente guineense tendo nomeado o 3° vice-presidente de PAIGC, Baciro Djá, para o cargo de ...
"A política migratória da Europa não é homogénea"
20/08/2015 - Convidado

"A política migratória da Europa não é homogénea"

A França e a Grã-Bretanha assinaram hoje um acordo para a gestão conjunta dos fluxos migratórios de Calais para o Reino Unido, algumas semanas depois de um pico de tentativas de passagem de migrantes pelo túnel da Mancha. Este acordo prevê o reforço da segurança na zona de Calais no intuito de lutar contra as redes de passadores, certos sectores de opinião, nomeadamente os comunistas aqui em França, criticando a ausência de uma vertente humanitária neste acordo. Pedro Góis, sociólogo, professor e investigador no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, autor de obras sobre os movimentos migratórios na Europa, começa precisamente por evocar este aspecto.

CPLP apela ao diálogo na Guiné-Bissau
19/08/2015 - Convidado

CPLP apela ao diálogo na Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau mas igualmente a comunidade internacional continuam expectantes relativamente à situação do país novamente paralisado depois do Presidente guineense José Mário Vaz ter demitido o governo na semana passada, por considerar estar perante uma "grave crise política". O PAIGC propôs ao presidente o nome de Domingos Simões Pereira, o seu líder, para reintegrar o cargo de Primeiro-Ministro, cabendo agora ao chefe de Estado comunicar a sua decisão.
Em entrevista à RFI, Isaac Murade Murargy, secretário executivo da CPLP faz a sua avaliação do contexto que se vive actualmente na Guiné-Bissau.

Close