Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Liliana Henriques
O governo moçambicano expressa-se sobre os subsídios alegadamente pagos à Renamo
19/11/2014 - Convidado

O governo moçambicano expressa-se sobre os subsídios alegadamente pagos à Renamo

Continua acesa a controvérsia que estalou em Moçambique nos últimos dias, com o governo a afirmar ter pago subsídios de 90 mil Meticais à delegação da Renamo para participar nas negociações de paz, afirmações desmentidas pelo principal partido de oposição que desafia o executivo a apresentar provas.
Ao confirmar a existência de actas comprovando os referidos pagamentos, o ministro moçambicano dos transportes, Gabriel Muthisse, que participa no diálogo com a Renamo, refere que embora não seja habitual, se for necessário, o governo tornará estas actas públicas.

Governo de Moçambique afirma ter pago subsídios à Renamo no quadro das conversações de paz
18/11/2014 - Convidado

Governo de Moçambique afirma ter pago subsídios à Renamo no quadro das conversações de paz

A imprensa moçambicana noticiou que o governo afirma ter pago subsídios de 90 mil Meticais por mês à delegação da Renamo pela sua participação no diálogo com vista à paz, uma remuneração que ainda segundo o governo teria sido imposta pela Renamo logo após a assinatura do Acordo de Cessação das hostilidades no passado mês de Setembro.
Meque Braz, membro sénior da Renamo que participou até Março nas negociações do seu partido com o governo, nega tudo em bloco.

Burkina Faso rumo à transição
17/11/2014 - Convidado

Burkina Faso rumo à transição

Cerca de 3 semanas depois do movimento popular que levou à queda do antigo presidente burkinabé Blaise Compaoré e o subsequente golpe de estado militar que fez temer pela estabilidade do Burkina Faso, o país nomeou esta madrugada o seu presidente interino por um período de um ano, o antigo ministro e diplomata Michel Kafando.
Olaco Correia, presidente da Associação de Estudantes Guineenses do Burkina Faso, dà conta do ambiente que reina neste momento no país.

Assembleia Nacional de Angola
13/11/2014 - Angola

Orçamento Geral do Estado de Angola aprovado na generalidade

O Projecto de Orçamento Geral do Estado angolano foi aprovado hoje na generalidade pelos parlamentares com 152 votos a favor pelo MPLA, partido no poder, assim como a FNLA e o PRS na oposição, tendo havido por outro lado 5 votos contra por parte da CASA-CE e 26 abstenções do lado da Unita, o principal partido de oposição.

Samakuva comemora os 39 anos da independência de Angola com a comunidade angolana de Paris
11/11/2014 - Convidado

Samakuva comemora os 39 anos da independência de Angola com a comunidade angolana de Paris

Faz hoje 39 anos que Angola conquistou a independência, uma ocasião para Isaías Samakuva, líder da UNITA, principal partido de oposição em Angola, se encontrar hoje com a comunidade angolana e seus simpatizantes aqui em Paris, no quadro de uma digressão que o levou a Portugal e Cabo Verde antes de viajar amanhã para Bruxelas.
Ao aludir às questões que têm agitado o seu país, nomeadamente o caso BES Angola e as autárquicas, Isaías Samakuva começa por esboçar um retrato do seu país.

Isabel dos Santos, filha do presidente angolano e mulher mais rica de África.
10/11/2014 - Angola / Portugal

Filha do Presidente de Angola lança OPA sobre a Portugal Telecom

A Terra Peregrin, empresa controlada por Isabel dos Santos, Filha do Presidente angolano, está a oferecer mais de 1,21 mil milhões de Euros para adquirir pelo menos 50, 01% do capital da Portugal Telecom SGPS, no quadro do lançamento de uma OPA, Oferta Pública de Aquisição.

Sede da empresa petrolífera estatal angolana Sonangol, em Luanda.
05/11/2014 - Angola

Participação da Sonangol no BESA é equiparada a uma nacionalização

O BESA, filial angolana do banco português BES -Banco Espírito Santo- cujas dificuldades vinham sendo conhecidas nos últimos meses, nomeadamente com o escândalo em Angola da atribuição de créditos malparados de 5,7 mil milhões de dólares a beneficiários desconhecidos, foi alvo de uma mudança na sua estrutura accionista.

Primeiros balanços e projectos do Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau
05/11/2014 - Convidado

Primeiros balanços e projectos do Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau

O Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira terminou ontem uma visita oficial a Portugal, uma visita durante a qual se encontrou ontem com o seu homólogo português Pedro Passos Coelho, esta deslocação tendo sido igualmente marcada pela assinatura esta Terça-Feira de um Plano de Cooperação entre os dois países cobrindo o período de Outubro 2014 a Julho 2015 orçado em quase 7 milhões de Euros.
Ao abordar os seus projectos imediatos, nomeadamente a mesa redonda de doadores que pretende organizar em meados de Fevereiro do ano que vem, Domingos Simões Pereira começa por evocar a importância da retomada da cooperação entre Bissau e Lisboa.

O tenente coronel Isaac Zida, actual homem forte do Burkina Faso
03/11/2014 - Burkina Faso

Militares do Burkina Faso têm 15 dias para restituír o poder aos civis

A crise vigente há uma semana no Burkina Faso com a queda do Presidente Compaoré sob a pressão popular e a tomada do poder pelos militares na sexta-feira foi analisada hoje numa reunião do Conselho de Paz e Segurança da União Africana, na sede da organização em Addis Abeba, na Etiópia, os membros deste órgão tendo concedido o prazo de duas semanas para os militares burkinabés restituírem o poder aos civis, sob pena de possíveis sanções.

Eleições em São Tomé e Príncipe e em Moçambique
18/10/2014 - Semana em África

Eleições em São Tomé e Príncipe e em Moçambique

Esta foi de facto uma semana densa nomeadamente em São Tomé e Príncipe onde a ADI de Patrice Trovoada venceu as legislativas, mas igualmente em Moçambique onde decorreram na quarta-feira as eleições gerais, um escrutínio em que Frelimo estaria à frente, de acordo com resultados muito parciais. Esta foi igualmente a semana em que Angola alcançou um assento não permanente no conselho de Segurança da ONU e em que a Nigéria anunciou ter chagado a um acordo com Boko Haram para a libertação das mais de 200 jovens raptadas há mais de 6 meses.

Close