Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Liliana Henriques
Antigo Presidente Guebuza e Afonso Dhlakama aquando da assinatura do Acordo de Cessação das Hostilidades no dia 5 de Setembro de 2014 em Maputo
17/03/2015 - Moçambique

Governo Moçambicano acusa Renamo de movimentar tropas em Inhambane e Gaza

O Governo acusou a Renamo de estar a movimentar homens armados nas províncias de Inhambane e Gaza, no sul do país, considerando tratar-se de uma violação do Acordo de ...
O Presidente Filipe Nyusi e o líder da Renamo Afonso Dhlakama após o seu encontro a 9 de Fevereiro de 2015
16/03/2015 - Moçambique

Renamo submete anteprojecto para criação de regiões autónomas em Moçambique

Esta segunda-feira, no quadro da abertura da VIII Legislatura do Parlamento, a Renamo entregou a este órgão de soberania o seu anteprojecto para a criação de regiões autónomas, conforme foi estabelecido no passado dia 9 de Fevereiro, na sequência de um encontro entre o Presidente da República Filipe Nyusi e o seu antigo adversário nas presidenciais, o líder da Renamo Afonso Dhlakama.

Lobito debaixo das intempéries
13/03/2015 - Angola

A chuva continua a causar vítimas na província angolana de Benguela

De acordo com um balanço provisório, cerca de 70 pessoas morreram vitimas das fortes chuvas que caíram nos últimos dias sobre a província de Benguela, no litoral sul de Angola, a localidade de Lobito sendo o epicentro desta situação qualificada de "dramática" pelo Secretário de Estado para a Protecção Civil e Bombeiros, Eugénio Laborinho.

Uma radiografia dos Jovens Revolucionários de Angola
12/03/2015 - Convidado

Uma radiografia dos Jovens Revolucionários de Angola

Há cerca de uma semana decorreu aqui em Paris um seminário sobre política africana, um evento em que participou nomeadamente Didier Peclard, especialista de Angola ligado à Universidade de Genebra, que recentemente se tem debruçado sobre os movimentos de contestação em Angola e mais precisamente o Movimento dos Jovens Revolucionários que ainda há dias viu uma das suas manifestações ser reprimida.
Didier Peclard que conhece os membros deste movimento desde os seus primórdios em 2011 evocou connosco a dinâmica e os objectivos destes jovens.

4° aniversário da catástrofe de Fukushima
11/03/2015 - Convidado

4° aniversário da catástrofe de Fukushima

O Japão recordou hoje o quarto aniversário do sismo e do tsunami que danificaram a central nuclear de Fukushima com consequências duradoiras a nível da saúde humana bem como da contaminação da água e dos solos daquela zona do país. Embora o Japão tenha desde então optado por paralisar os seus 48 reactores, governo nipónico está agora a considerar a hipótese de reactivar as unidades que respeitem novas normas de segurança.
Em entrevista à RFI, Susana Fonseca, especialista da energia nuclear ligada á associação ambientalista portuguesa Quercus evoca as consequências a longo prazo da escolha da energia nuclear.

Georges Chicoty, Ministro das Relações Exteriores de Angola
10/03/2015 - Angola

Início da X Reunião do Comité Interministerial da CIRGL em Luanda

Desde esta terça-feira e até amanhã decorre em Luanda a X Reunião do Comité Interministerial da CIRGL, Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos, entidade presidida por Angola desde Janeiro por um período de dois anos.

O equilíbrio de forças em Moçambique depois da morte de Gilles Cistac
04/03/2015 - Convidado

O equilíbrio de forças em Moçambique depois da morte de Gilles Cistac

Continuam a afluir as reacções e sobretudo os questionamentos em torno do assassinato ontem em Maputo em plena luz do dia de Gilles Cistac, constitucionalista no coração de uma polémica por ter considerado que não existem entraves jurídicos para a criação de províncias autónomas, uma ideia defendida pela Renamo na oposição. Quem matou Gilles Cistac, porquê e que repercussões isso pode ter?
Para Michel Cahen, pesquisador do Instituto de Estudos Políticos de Bordéus, no oeste de França, com quem conversamos no quadro de um seminário sobre política africana aqui em Paris, Moçambique está numa encruzilhada.

Assassinato de constitucionalista moçambicano relança o debate em torno da intolerância política
03/03/2015 - Convidado

Assassinato de constitucionalista moçambicano relança o debate em torno da intolerância política

Moçambique está em estado de choque na sequência do assassinato esta manhã de Gilles Cistac, conhecido constitucionalista que ultimamente andava a ser atacado nas redes sociais e em certos meios de comunicação social por considerar não existirem entraves constitucionais para a criação de províncias autónomas, uma ideia defendida pela Renamo, na oposição.
Em entrevista à RFI, Custódio Duma, presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos em Moçambique diz-se chocado e refere não ter expectativas de ver esse caso esclarecido.

Interior da Ilha de Santiago
26/02/2015 - Ambiente

Cabo-Verdianos e São-Tomenses lutam contra a poluição do plástico

Antero Veiga, ministro cabo-verdiano do ambiente anunciou esta quarta-feira que a partir do dia 1 de Janeiro de 2017, será proibido no país o fabrico, importação e comercialização de sacos de plástico convencional para embalagens.

Amnistia Internacional: violências policiais e ataques contra a liberdade de expressão nos países lusófonos
25/02/2015 - Convidado

Amnistia Internacional: violências policiais e ataques contra a liberdade de expressão nos países lusófonos

A Amnistia Internacional publicou hoje o seu relatório anual, um documento em que aponta o uso abusivo do direito de veto pelos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU em casos de crimes de guerra, crimes contra a Humanidade e outras violências em larga escala. Neste documento, a Amnistia não deixa igualmente de evocar as exacções cometidas por grupos armados como Boko Haram ou o Estado Islâmico e noutro quadrante, os países lusófonos também são mencionados, havendo relatos de violências policiais e de desrespeito pela liberdade de expressão nomeadamente em Angola e em Moçambique
Em entrevista à RFI, Antónia Barradas, perita em relações institucionais e política externa no seio da Amnistia Internacional em Portugal, dá conta destas situações.

Close