Paris/Patriota - 
Artigo publicado em 24 de Agosto de 2012 - Atualizado em 24 de Agosto de 2012

Patriota se reúne com chanceler francês nesta segunda-feira

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota
O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota
Reuters

Taíssa Stivanin

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, estará na segunda-feira em Paris para uma visita de dois dias, e um encontro com o chanceler francês, Laurent Fabius. Na pauta da reunião está a situação na Síria, o Irã, e a crise na zona do euro. Na terça-feira, Patriota viaja para Estocolmo, na Suécia, onde assina um memorando de cooperação trilateral.

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, chega pela manhã a Paris e logo cedo terá uma audiência, seguida de um almoço com o chanceler francês, Laurent Fabius. No encontro, devem ser discutidos o impasse envolvendo o Irã e seu programa nuclear, a crise na zona do euro, e outras questões bilaterais, como explicou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Tovar da Silva Nunes. A situação na Síria também é um tema importante da reunião. O Brasil continua defendendo o diálogo para obter uma solução para o conflito.

De acordo com o porta-voz, o chanceler também vai discutir, caso seja do interesse da França, a integração regional. A cooperação no setor da defesa também está na agenda, já que Brasil e França possuem, desde 2008 um importante acordo que inclui a fabricaçãode submarinos Scorpène, além de um sbumarino nuclear, e de helicópteros EC725. A licitação para renovação da frota da FAB (Força Aérea Brasileira), entretanto, não está entre os assuntos que serão abordados no encontro. O caça francês Rafale, da Dassault, disputa o contrato com o Gripen, da sueca Saab, e o F-18 Super Hornet, da americana Boeing.

Na tarde de segunda-feira, o ministro vai visitar o Bureau Internacional des Expositions, na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), responsável pela organização da Exposição 2020 para dar seu apoio à cidade de São Paulo, que apresentou sua candidatura para ser sede do evento. o dia 22 de novembro, a prefeitura da cidade fará uma nova apresentação na sede da Organização. Na ocasião, a presidente Dilma Rousseff poderá estar presente, além do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. A eleição ocorre em novembro de 2013.Na terça-feira, Antonio Patriota viaja para Estocolmo, para assinatura de um memorando de cooperação trilateral, entre Brasil, Suécia e países em desenvolvimento.
 

tags: Antonio Patriota - Brasil - Crise - Euro - França - Paris - Síria
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close