Últimas notícias
Brasil/Portugal - 
Artigo publicado em 22 de Setembro de 2012 - Atualizado em 22 de Setembro de 2012

Ano do Brasil em Portugal começa em Lisboa

O objetivo do Ano de Portugal no Brasil e do Ano do Brasil em Portugal é fortalecer os laços bilaterais.
O objetivo do Ano de Portugal no Brasil e do Ano do Brasil em Portugal é fortalecer os laços bilaterais.
Divulgação

Leticia Constant

Neste 21 de setembro foi aberto oficialmente o Ano do Brasil em Portugal, celebrando a ligação histórica entre os dois países. Do outro lado do Atlântico, em 7 de setembro, data da Independência, o Ano de Portugal no Brasil já começou. Os eventos cruzados vão até 10 de junho de 2013, com centenas de atividades culturais programadas.

Enviada especial a Lisboa

A abertura oficial do Ano do Brasil em Portugal, no Museu Coleção Berardo, em Lisboa, já deu o tom do evento, com a exposição do artista plástico experimental Hélio Oiticica “museu é o mundo”. Nas salas da mostra, grandes nomes da literatura e da música brasileira admiravam as obras visionárias do artista, morto em 1980. Os escritores Luis Fernando Veríssimo, Zuanir Ventura, o cantor Ney Matogrosso, entre outros, não cansavam de elogiar esta oportunidade de intercâmbio em todas as áreas. “Os portugueses não conhecem a literatura brasileira contemporânea do Brasil e vice-versa. Agora teremos oportunidade de descobrir novos nomes e promover debates”, disse Zuanir Ventura, com entusiasmo.

Ney Matogrosso, que vai dar o concerto inaugural do Ano do Brasil em Portugal, posa com trajes da mostra de Hélio Oiticica na abertura oficial do evento.
Letícia Constant

Ney Matogrosso, por seu lado, se esbaldou com os trajes da Parafernália – proposta de Oiticica para os visitantes vestirem roupas extravagantes penduradas em uma arara – e posou com bom humor para as dezenas de brasileiros presentes. O cantor vai dar o concerto de inauguração do Ano do Brasil em Portugal neste sábado, no Terreiro do Paço, em companhia de Martinho da Vila e Carminho.

O presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e comissário do Ano Brasil em Portugal, Antonio Grassi, espera que a experiência semeie bons frutos e que as duas pátrias possam dar continuidade à troca de conhecimentos. "Os benefícios devem ser sentidos em muitos setores, inclusive o do Turismo bilateral”, disse Grassi.

“Minha pátria é minha língua”

A famosa frase de Fernando Pessoa se insere totalmente nesta festividade. Hoje, 273 milhões de pessoas falam português. A programação extensa, que inclui mostras de artes, shows musicais, peças de teatro, ciclos de cinema, festivais e seminários, extrapola a parte cultural, promovendo também torneios esportivos, eventos gastronômicos, rodadas de negócios e intercâmbios na área da educação.

O Ano do Brasil em Portugal não vai se limitar à capital Lisboa. Os portugueses e brasileiros de outras cidades também poderão assistir espetáculos nos museus, praças e teatros locais.

tags: Ano do Brasil em Portugal 2012 - Artes Plásticas - Brasil - Música - Portugal
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close