Últimas notícias
 
21 de Setembro de 2012
Festival de San Sebastián aposta no glamour contra a crise
Susan Sarandon e Richard Gere em cena do filme "Arbitrage", de Nicholas Jarecki, que abriu a competição oficial do festival de cinema de San Sebastián.
Susan Sarandon e Richard Gere em cena do filme "Arbitrage", de Nicholas Jarecki, que abriu a competição oficial do festival de cinema de San Sebastián.
@Festival de San Sebastián
Kênya Zanatta

Uma recessão que se prolonga, um plano de austeridade econômica cada vez mais rigoroso e o desemprego que afeta um quarto da população ativa. Para injetar um pouco de glamour na imagem cada vez mais sombria da Espanha, o festival de San Sebastián aumentou a dose de estrelas de Hollywood que vão desfilar pelo seu tapete vermelho. Entre elas, Penelope Cruz, Susan Sarandon, Meryl Streep, Ben Affleck e Richard Gere. O objetivo? Espantar a crise, aumentar a visibilidade e continuar a rivalizar com os outros grandes festivais europeus.

O poder do dinheiro, o desejo de liberdade, a luta pela sobrevivência e algumas pitadas de amor: os filmes selecionados este ano para a competição oficial retratam o melhor - e o pior - das relações humanas. Entre os diretores que apresentam suas novas obras estão o grego Costa-Gravas, os franceses Laurent Cantet e François Ozon e o espanhol Fernando Trueba.

Para comemorar seus sessenta anos, o mais antigo e mais prestigioso festival de cinema do mundo hispânico vai entregar não apenas um, mas cinco prêmios homenageando a carreira de pesos pesados da indústria cinematográfica: os atores Dustin Hoffman, John Travolta, Ewan McGregor e Tommy Lee Jones e o diretor Oliver Stone.

Aos 75 anos, Dustin Hoffman vai encerrar o evento, no dia 29 de setembro, com a projeção de seu primeiro filme como diretor, "Quartet".

No programa desta semana também conversamos com a diretora do novo departamento de Artes do Islã do museu do Louvre, em Paris. Outro destaque é a primeira exposição de arte contemporânea dedicada aos tabus ligados à sexuaildade na China, "Secret Love", em Estolcomo.

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close