Facebook/Microsoft - 
Artigo publicado em 23 de Abril de 2012 - Atualizado em 24 de Abril de 2012

Facebook compra patentes da Microsoft por U$ 550 milhões

Mark Zuckerberg, fundador do site Facebook
Facebook founder and CEO Mark Zuckerberg
Reuters/Brian Snyder
Mark Zuckerberg, fundador do site Facebook

RFI

A Microsoft fechou um acordo com o Facebook para a venda de uma série de patentes e licenças de exploração, que equivalem a 550 milhões de dólares. O anúncio foi feito pelas duas empresas em um comunicado divulgado nesta segunda-feira.

O site criado por Mark Zuckerberg, o mais acessado do mundo, obterá, desta forma, mais de 650 patentes e licenças de exploração, que inicialmente pertenciam à empresa AOL, adquirida pela Microsoft há duas semanas. De acordo com o comunicado divulgado pelas duas empresas, na venda inicial organizada pela AOL, "a Microsoft obteve a possibilidade de adquirir ou atribuir cerca de 925 patentes ou dossiês, além de 300 patentes extras que não estavam à venda."

O site também obteve uma licença de exploração dessas patentes. Segundo o diretor jurídico da Microsoft, Brad Smith, com o acordo, a empresa poderá recuperar mais da metade dos recursos investidos no negócio com a AOL, estimado em mais de um bilhão de dólares e fechado no dia 9 de abril.

O executivo Ted Ullyot, do Facebook, disse que a operação representava uma "etapa importante no processo de criação de uma carteira de propriedade intelectual, para proteger os interesses do site a longo prazo." Segundo a agência Bloombert, o site Facebook tentou comprar as licenças, mas a AOL optou pela oferta da Microsoft. Em março, a empresa também comprou 750 patentes da IBM. A estreia oficial da rede na bolsa de valores está prevista para maio.
 

tags: Facebook - Informática - Internet e novas tecnologias
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close