Espanha/Economia - 
Artigo publicado em 17 de Julho de 2012 - Atualizado em 17 de Julho de 2012

Com juros menores, Espanha capta 3,56 bi de euros em títulos

Após operação, a Bolsa de Madri abriu seus trabalhos em alta nesta terça-feira.
Após operação, a Bolsa de Madri abriu seus trabalhos em alta nesta terça-feira.
Reuters

RFI

A Espanha fez nesta terça-feira o primeiro leilão de títulos da dívida pública depois de aprovar seu mais duro pacote de reformas. A operação, que testa as medidas anunciadas pelo governo, foi marcada por um notável rebaixamento dos juros. O mercado financeiro reagiu bem e a bolsa de Madri abriu seus trabalhos em alta. 

Luisa Belchior, correspondente da Rádio França Internacional em Madri

As fortes medidas de ajuste econômico anunciadas pelo governo do primeiro-ministro Mariano Rajoy na última sexta-feira parecem ter tido seu primeiro efeito positivo. Nesta terça-feira, o Tesouro espanhol conseguiu vender títulos da dívida com juros bem menores que o esperado. Investidores compraram 3,5 bilhões de euros em títulos de 12 e 18 meses, o que era o objetivo do governo. A diferença é que, desta vez, o Tesouro conseguiu baixar os juros para 4,2%. No último leilão, em junho, o governo teve que pagar mais de 5% de juros.

Esse resultado diminuiu um pouco as tensões que recaem sobre a Espanha e os rumores de um possível resgate. Sobretudo porque na noite de segunda-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou previsões bem pessimistas para a Espanha. O Fundo classificou os investimentos no país de um “círculo vicioso de risco global” e estimou queda em sua economia de 1,5% este ano e contração também em 2013.

Apesar disso, a bolsa de Madri conseguiu abrir em leve alta de 0,6% e o prêmio de risco baixou para 556 pontos. Mas dentro do país o clima ainda é tenso. Sobre fortes protestos, o governo leva nesta terça-feira ao Senado seu pacote de reformas anunciado na semana passada. Com ele, os espanhóis pretendem economizar 65 bilhões de euros com cortes de benefícios a funcionários e alta de impostos.

tags: Austeridade - Crise financeira - Economia - Espanha - Mariano Rajoy
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close