Últimas notícias

O Mundo Agora

 
Alfredo Valladão.
Alfredo Valladão.

Crônica de política internacional de Alfredo Valladão, do Instituto de Estudos Políticos de Paris

Mais informações

Último programa : 16 de Dezembro de 2014
Economia japonesa precisa de mão de obra, mas país resiste à imigração

Economia japonesa precisa de mão de obra, mas país resiste à imigração

A manobra do primeiro ministro japonês deu certo. Convocando eleições legislativas antecipadas, Shinzo Abe conseguiu uma vitória eleitoral estrondosa. Ele agora ganhou mais quatro anos de poder para pôr o pé na tábua de seu programa de grandes reformas para tirar o Japão do buraco negro de mais de vinte anos de depressão.

Arquivos

09 de Dezembro de 2014
Refugiados da minoria curda iraquiana yazidi, cristãos perseguidos que fogem do "Estado Islâmico" na  provincia iraquiana de Dohuk.

Racismo é um dos sentimentos mais partilhados do universo

A onda de execuções de negros por policiais brancos nos Estados Unidos é mais uma manifestação do racismo entranhado na sociedade americana.
02 de Dezembro de 2014
As reservas de petróleo são mal distribuídas no mundo (ao lado, plataforma de petróleo no mar do Norte)

Guerra do petróleo já começou e pode mudar geopolítica global

O petróleo é a base da economia. O mundo hoje depende dessa energia, a mais barata e flexível que a humanidade já explorou. É tão importante que se tornou uma base de valor universal como o ouro ou o dólar americano. Não é por nada que a chamamos de “ouro negro”. O problema é que as reservas exploráveis estão mal distribuídas: algumas regiões não tem nenhum, outras estão encharcadas. E que a exploração depende das capacidades tecnológicas e dos preços no mercado internacional.

25 de Novembro de 2014
As negociações entre o Irã e os governos de seis grandes potências mundiais sobre o polêmico programa nuclear devem continuar até junho.

Adiamento do acordo entre Irã e grandes potências era previsível

Mais uma vez um acordo sobre o programa nuclear iraniano foi postergado. Mais uma vez as grandes potências e o Irã empurraram com a barriga, alegando que faltava tempo para clarificar e redigir diversos pontos técnicos.

PROGRAMAÇÃO
Close