Futebol/amistosos - 
Artigo publicado em 15 de Agosto de 2012 - Atualizado em 15 de Agosto de 2012

Amistoso de Brasil e Suécia marca despedida do estádio da final de 58

Pelé exibe foto da conquista do título de campeão de 1958, durante visita o estádio Rasunda, nesta terça-feira, 14 de agosto.
Pelé exibe foto da conquista do título de campeão de 1958, durante visita o estádio Rasunda, nesta terça-feira, 14 de agosto.
REUTERS/Phil O'Connor

Anfitrião do próximo Mundial, o Brasil joga na noite desta quarta-feira em Estocolmo, às 20hs pelo horário local (15 hs em Brasília), contra a Suécia. O primeiro jogo da seleção de Mano Menezes após a medalha de prata nas Olimpíadas marcará a despedida do estádio Rasunda, o palco da final de 58, quando o Brasil venceu a seleção sueca por 5 a 2 e conquistou seu primeiro título mundial.

O estádio atual será demolido e substituído por um novo, o Friends Arena, a ser construído nos arredores do Rasunda. Pelé e outros ídolos de 58 serão os grandes convidados da festa. Na quarta-feira, o atleta do século visitou o estádio e pisou no gramado que o revelou ao mundo aos 17 anos de idade.

“Eu me lembro de tudo”, declarou Pelé à imprensa. “Minha maior lembrança é a de que o Brasil era completamente desconhecido até nós ganharmos a Copa do Mundo”, disse o ex-jogador de futebol vestindo uma camiseta da seleção sueca com o número 58 nas costas e não com a camiseta 10 que o consagrou. 

Nesta noite, no entanto, o amistoso terá um duelo particular, entre o zagueiro Thiago Silva e o atacante Zlatan Ibrahimovic, se o sueco for mesmo confirmado já que ainda é dúvida devido a uma contusão no pé. Os dois foram recém-contratados pelo Paris Saint- Germain, da França.

Outros amistosos

Vários amistosos estão programados nesta quarta-feira pela Europa como parte dos preparativos de muitas seleções para o início das eliminatórias para a Copa de 2014 no Brasil. Na França, o novo treinador dos “Bleus”, Didier Deschamps, estreia no cargo diante da torcida no estádio de Havre, no norte do país. O jogo será contra o Uruguai, de Lugano e Diego Forlán, confirmados na equipe titular.

Neste primeiro teste para Deschamps, que substitui Laurent Blanc, ele montou uma equipe misturando experiência e juventude. E conta com a força de um ataque formado por Franck Ribéry e Karim Benzema. Além do resultado positivo, Deschamps também tem como missão melhorar a imagem da seleção francesa após os problemas dos jogadores nos vestiários e conflitos com a imprensa do país durante a Eurocopa.

Inglaterra e Itália, duas potências do futebol europeu, voltam a se enfrentar em amistoso depois da disputa da Eurocopa, em junho, quando a Squadra Azurra levou a melhor sobre os ingleses.  O jogo vai ser na Suíça.

A Alemanha recebe a Argentina com o treinador da seleção alemã, Joachim Low, sob pressão. A Argentina, que tem como capitão, Lionel Messi, o melhor jogador do mundo, vai tentar fazer melhor do que na última vez em que as duas equipes se encontram, na Copa da África do Sul, quando os alemães goleraram por 4 a 0.

E a Espanha, atual campeã do Mundo e da Eurocopa viajou 6 mil quilômetros para enfrentar Porto Rico em partida  amistosa. Para retomar o ritmo com vistas às eliminatórias do próximo Mundial, a seleção espanhola optou por um confronto inédito e disposta a encarar uma equipe sem tradição no futebol e que, por isso, não deve representar muito perigo à melhor seleção do mundo atualmente.

 

tags: Amistoso - Brasil - França - Futebol - Lionel Messi - Suécia
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close