Últimas notícias
Armstrong/Volta da França - 
Artigo publicado em 21 de Outubro de 2012 - Atualizado em 21 de Outubro de 2012

Armstrong pode perder sete títulos da Volta da França

O americano Lance Armstrong.
O americano Lance Armstrong.
REUTERS/Mike Hutchings/Files

Patricia Moribe

A Federação Internacional de Ciclismo (UCI) anuncia nesta segunda-feira se o ciclista Lance Armstrong vai perder todos os sete títulos que ele conseguiu na Volta da França, de 1999 a 2005. Armstrong foi acusado pela agência americana antidoping (Usada) de envolvimento no maior esquema de dopagem da história do esporte.

A expectativa é grande em relação ao pronunciamento da UCI, que acontece em Genebra, às 13h, horário local (9h no Brasil). No último dia 10, a Usada baniu definitivamente Armstrong de competições esportivas e revogou seus títulos. Mas como a competência da agência se restringe aos EUA, cabe à União Internacional retirar oficialmente de Armstrong os sete títulos obtidos na França.

Na semana passada, o Comitê Olímpico Internacional (COI) informou que vai analisar a possibilidade de retirar a medalha de bronze do ciclista Lance Armstrong conquistada na prova contra o relógio nas Olimpíadas de Sidney, em 2000.

O relatório da Usada provocou uma fuga dos patrocinadores do ex-campeão, sobrevivente de um câncer nos testículos. A Trek, marca de bicicletas com a qual Armstrong ganhou sete vezes a Volta da França, a cervejaria Anheuser-Busch e a Nike foram as principais marcas que anunciaram que não vão mais financiar o ciclista. Por causa do escândalo, Armstrong pediu demissão da fundação Livestrong, fundada pelo atleta em 2007, de combate ao câncer.

O Código mundial antidoping fixa em oito anos o prazo de prescrição de casos de doping, mas a Usada, diante da extensão do sofisticado sistema usado pelo americano, resolveu tornar permanente o expurgo.

Tyler Hamilton, um dos ex-companheiros de Armstrong que testemunhou contra o ciclista do Texas, já devolveu em novembro de 2011 sua medalha de ouro conquistada nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, após ter admitido ter recorrido ao doping. O COI corrigiu a lista dos vencedores este ano, antes do prazo de prescrição do caso.
 

tags: Ciclismo - Volta da França
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close