Últimas notícias
Kosovo/Política - 
Artigo publicado em 13 de Dezembro de 2010 - Atualizado em 13 de Dezembro de 2010

Partido do poder e oposição do Kosovo reivindicam vitória nas legislativas

Eleições no Kosovo, os primeiros resultados oficiais são esperados na noite desta segunda-feira.
Eleições no Kosovo, os primeiros resultados oficiais são esperados na noite desta segunda-feira.
Reuters

RFI


O PDK, Partido Democrático do Kosovo, do primeiro-ministro Hashim Thaçi, declarou vitória nas eleições legislativas deste domingo, as primeiras desde a independência em 2008 da antiga província sérvia. O seu adversário, Isa Mustafa, prefeito de Pristina, contesta e afirma que seu partido é o vencedor. Os primeiros resultados oficiais são esperados na noite desta segunda-feira.
 

 

Enquanto os dois partidos rivais reclamam vitória, os observadores internacionais, dirigidos por uma equipe do Parlamento europeu, também devem divulgar hoje a sua avaliação sobre essas legislativas do Kosovo, realizadas dois anos após a declaração unilateral de independência do país.

Desde que o Kosovo se tornou independente da Sérvia, em fevereiro de 2008, esta é a primeira vez que cerca de 1 milhão e 600 mil eleitores inscritos foram às urnas para eleger os 120 deputados do Parlamento. Concorreram na votação cerca de 1.265 candidatos.

A maior parte da população do Kosovo é de origem albanesa, mas o Parlamento reserva 20 cadeiras às minorias étnicas. Dez vagas serão ocupadas exclusivamente por representantes dos 120 mil sérvios que vivem no Kosovo, repartidos em diferentes enclaves e na região norte do país, próximo da fronteira com a Sérvia. A eleição dividiu a minoria sérvia. Os 80 mil moradores dos enclaves compareceram em massa às seções eleitorais, enquanto os 40 mil sérvios residentes perto da fronteira boicotaram a votação. Duas equipes de observadores, uma internacional e outra europeia, acompanharam o processo. Os primeiros resultados oficiais devem ser divulgados no final da tarde desta segunda-feira.

Os kosovares votaram preocupados com a situação econômica do país e o elevado grau de corrupção. O Kosovo é um dos países mais pobres da Europa com 48% da população desempregada, segundo dados do Banco Mundial.

O governo sérvio continua reivindicando o território kosovar como parte integral da Sérvia. Até hoje, apenas 72 países reconheceram a independência do Kosovo.
 

tags: Eleições legislativas - Kosovo
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close