Itália/Terremoto - 
Artigo publicado em 30 de Maio de 2012 - Atualizado em 30 de Maio de 2012

Itália teve mais de 50 réplicas de terremoto durante a noite

Italiano passa em frente à construção totalmente destruída pelo terremoto que matou 16 pessoas e feriu outras 350, em Cavezzo, em foto desta quarta-feira.
Italiano passa em frente à construção totalmente destruída pelo terremoto que matou 16 pessoas e feriu outras 350, em Cavezzo, em foto desta quarta-feira.
REUTERS/Stefano Rellandini

RFI

Mais de 50 réplicas foram sentidas durante a noite na região italiana da Emilia Romagna, no norte do país, um dia após o terremoto que matou pelo menos 16 pessoas e feriu outras 350 na terça-feira. Na noite de ontem uma mulher foi resgatada com vida sob os escombros, mas uma pessoa continua desaparecida.

Gina Marques, correspondente da RFI em Roma

A terra continua tremendo na Itália, onde mais de 50 réplicas foram sentidas durante a noite na região de Emilia Romagna, onde um terremoto ontem deixou 16 mortos e mais de 350 feridos. Os tremores provocaram mais insegurança entre os milhares de desabrigados. Cerca de 14 mil pessoas estão vivendo em tendas erguidas pelo governo. Muitas estão dormindo em trens liberados pela defesa civil, mas outras preferiram dormir em seus próprios carros.

Na manhã dessa quarta-feira os bombeiros voltaram escavar com as mãos e com a ajuda de cães farejadores para resgatar sobreviventes. Na noite de terça-feira uma mulher foi resgatada com vida sob os escombros na cidade de Cavezzo. A região da Emilia Romagna é uma das mais populosas e industriais da Itália, rica em tradições gastronômicas, como a produção de queijo parmesão e vinagre balsâmico.

O terremoto de ontem fez desabar várias fábricas e armazéns, muitos deles que haviam acabado de ser reabertos após o tremor de 20 de maio. Os danos econômicos ainda não foram calculados, mas estima-se que o país vai perder centenas de milhões de euros, já que além de construções antigas de patrimônio cultural foram atingidas, várias indústrias desabaram. O governo decretou estado de emergência e já está avaliando um financiamento extraordinário com o aumento do preço da gasolina no país.

tags: Catástrofes naturais - Itália - Terremoto
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close