Últimas notícias
Reino Unido/Televisão - 
Artigo publicado em 22 de Outubro de 2012 - Atualizado em 22 de Outubro de 2012

Jornalista da BBC é sancionado após escândalo sexual

O apresentador da BBC Jimmy Savile, acusado de ter abusado sexualmente de inúmeras jovens, em foto de 2005.
O apresentador da BBC Jimmy Savile, acusado de ter abusado sexualmente de inúmeras jovens, em foto de 2005.
REUTERS/Paul Hackett

RFI

Um redator-chefe da BBC se demitiu nesta segunda-feira. Ele foi criticado por ter impedido a difusão de uma reportagem sobre Jimmy Savile, um dos apresentadores mais conhecidos da rede britânica, acusado de ter abusado sexualmente de menores nos anos 70 e 80.

Peter Rippon, responsável por "Newsnight", o principal programa jornalístico da BBC, decidiu não transmitir um documentário sobre Savile, programado para dezembro de 2011, avaliando que a reportagem falava somente dos erros cometidos pela polícia e pela justiça.

"A explicação dada pelo redator-chefe em seu blog é em certos aspectos errada ou incompleta", disse a BBC no comunicado que anunciava o afastamento do jornalista.

O primeiro-ministro David Cameron avaliou que a BBC deveria se explicar claramente tanto sobre o caso Savile que sobre o tratamento editorial dado ao escândalo pela rede.

"Os eventos de hoje são inquietantes porque a BBC modificou sua versão sobre as razões pelas quais ela suprimiu a difusão da reportagem de 'Newsnight' sobre Jimmy Savile", disse ele. "Essas questões são graves. Elas precisam de uma resposta", acrescentou.

Escândalo sexual

Jimmy Savile, falecido em 2011 aos 84 anos, apresentou durante muitos anos na BBC a emissão musical "Top of the Pops" e "Jim'll Fix It", um talk-show muito popular que oferecia aos telespectadores a oportunidade de realizar seus sonhos.

O homem, que foi elevado à nobreza em 1990 pela rainha Elisabeth por suas obras de caridade, era famoso por seus longos cabelos loiros, seu Rolls-Royce e sua personalidade excêntrica.

No início de outubro, o canal de televisão rival ITV transmitiu um documentário revelando que o apresentador seria culpado de inúmeros casos de abuso sexual sobre mulheres muito jovens, às vezes mesmo nos estúdios da BBC.

Meirion Jones, um dos jornalistas de "Newsnight", havia prevenido Peter Rippon no ano passado de que a BBC seria acusada de tentar encobrir o escândalo se ele decidisse não divulgar a reportagem.

Os policiais que investigam o caso Savile indicaram que mais de 200 vítimas potenciais do apresentador já se apresentaram. Jimmy Savile teria abusado de inúmeras meninas, algumas com somente 12 anos.

O novo diretor geral da BBC, George Entwistle, prometeu que a empresa ajudaria a polícia a esclarecer essas acusações. Ele vai depor nesta terça-feira diante de uma comissão parlamentar.

Esse caso está provocando um grande escândalo na Grã-Bretanha e prejudica a imagem da BBC, uma das instituições do reino de Elisabeth 2ª.
 

tags: Abuso sexual - Escândalo - Inglaterra - Reino Unido - Televisão
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close