24 de Novembro de 2011
O pior em Portugal ainda está por vir
Grevistas fazem piquete no aeroporto de Lisboa.
Grevistas fazem piquete no aeroporto de Lisboa.
REUTERS/Jose Manuel Ribeiro
Cíntia Cardoso

Portugal enfrenta um dia de greve geral nesta quinta-feira contra o plano de austeridade elaborado pelo governo para controlar o endividamento do Estado. Os cortes já provocam uma recessão que deve gerar uma queda de 3% no PIB deste ano, a taxa de desemprego atingirá 13 %, mais do dobro da taxa brasileira, e para os funcionários públicos o aperto é ainda mais forte. O 13° salário e o pagamento de férias da categoria foi cancelado por dois anos.

Diante do cenário complicado para o próximo ano, apesar das dificuldades atuais, 2011 pode deixar saudades, afirma o jornalista brasileiro Mauro Tagliaferri.

 

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close