Afeganistão/Violência - 
Artigo publicado em 20 de Janeiro de 2012 - Atualizado em 21 de Janeiro de 2012

França suspende missão no Afeganistão após morte de militares

Tropas francesas se movimentam ao leste do Afeganistão, perto de Kaboul.
Tropas francesas se movimentam ao leste do Afeganistão, perto de Kaboul.
Jonathan Saruk/Getty Images

O presidente Nicolas Sarkozy suspendeu temporariamente as atividades de treinamento e combate das tropas francesas no Afeganistão, após a morte de quatro militares franceses baleados na manhã desta sexta-feira por um homem vestindo uniforme militar afegão. O incidente aconteceu perto da base francesa do distrito de Tagab, no vale do Kapisa.

O atirador feriu outros 17 soldados franceses e foi detido, segundo o comando das forças internacionais da OTAN.

"Nós somos amigos do povo afegão, aliados do povo afegão, mas eu não posso aceitar que soldados afegãos atirem em soldados franceses”, afirmou Sarkozy.

O chefe de Estado informou que o ministro da Defesa, Gérard Longuet, vai ao Afeganistão avaliar as condições de segurança. Sarkozy disse que poderá antecipar a retirada das tropas francesas, inicialmente prevista para o fim de 2014.

O assunto será discutido pessoalmente com o presidente do Afeganistão, Ahmid Karzai, durante sua visita a Paris no dia 27 de janeiro.

A Força Internacional da OTAN anunciou em um comunicado a morte de 4 soldados por um militar afegão, mas sem mencionar a nacionalidade das vítimas. O secretátio-geral da OTAN Andres Fogh Rasmussen disse que é “um dia triste” para a Aliança Militar.

No dia 29 de dezembro, dois legionários franceses foram mortos por um soldado do Exército nacional do Afeganistão na região de Kapisa onde os talibãs estão infiltrados.

Com as mortes de hoje, a França já perdeu 82 militares em dez anos de ocupação das tropas da OTAN. Em outubro 400 homens voltaram para casa, mas 3.800 militares franceses ainda estão em solo afegão.
 

tags: Afeganistão - França - Nicolas Sarkozy - OTAN
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close