Afeganistão/Talibãs - 
Artigo publicado em 16 de Abril de 2012 - Atualizado em 16 de Abril de 2012

Polícia controla combates com talibãs em Cabul após atentados

Polícia controla confrontos em Cabul após atentados que fizeram dezenas de mortos
Polícia controla confrontos em Cabul após atentados que fizeram dezenas de mortos
REUTERS/Mohammad Ismail

RFI

A polícia afegã anunciou nesta segunda-feira o fim dos combates entre as forças de segurança e os rebeldes talibãs no centro de Cabul, um dia após a série de atentados visando a capital do país. Segundo o ministério da Defesa do Afeganistão, os ataques aos Parlamento , à força internacional da Otan e às embaixadas ocidentais resultaram em pelos menos 43 mortos.

Os atentados coordenados, que visaram o centro da capital Cabul e três outras províncias, resultaram na morte de 32 rebeldes, oito policiais e três soldados. Os ataques marcaram o início da tradicional "ofensiva de primavera" dos talibãs.

Os combates duraram cerca de 18 horas e estão entre os mais violentos já realizados nas ruas da capital afegã desde a queda do governo dos talibãs em 2001. Trinta e seis policiais e 10 militares ficaram feridos e um rebelde foi capturado pelas forças de segurança.

Os talibãs reivindicaram a responsabilidade pela ofensiva, mas alguns oficiais suspeitam que a rede de rebeldes tribais Haqqani, que opera ao longo da fronteira com o Paquistão, também pode estar implicada no episódio. O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mudjahid, explicou que o objetivo dos ataques era vingar vários incidentes que aconteceram no país nos últimos meses, incluindo o massacre de 17 civis por um soldado americano e os exemplares do Corão queimados em uma base militar da Otan.
 

tags: Afeganistão - Atentado - Conflito armado - OTAN - Talibãs
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close