Imprensa - 
Artigo publicado em 09 de Maio de 2012 - Atualizado em 09 de Maio de 2012

Sarkozy e Hollande mostraram união e trégua nas comemorações do final da Segunda Guerra Mundial

François Hollande e Nicolas Sarkozy durante cerimônia do 8 de maio, no Arco do Triunfo, em Paris.
François Hollande e Nicolas Sarkozy durante cerimônia do 8 de maio, no Arco do Triunfo, em Paris.
Reuters

RFI

A imagem do atual presidente francês, Nicolas Sarkozy, ao lado do futuro presidente, François Hollande, na cerimônia ontem em Paris para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial estampa as manchetes dos principais jornais franceses desta terça-feira. "Unidos pela República" foi o título escolhido pelo conservador Le Figaro para traduzir o gesto de um simbolismo fora do comum: os dois adversários demonstraram que o interesse do país está acima das divergências políticas após o duro combate das urnas.

Para o Le Figaro, a imagem de Nicolas Sarkozy ao lado de Hollande na cerimônia no Arco do Triunfo é forte e toca a consciência nacional. Os dois mostraram aos franceses que o engajamento deles pela pátria e pela história do país supera a rivalidade e está acima de tudo, estima o jornal. Sarkozy acertou em convidar o presidente eleito para a festa e Hollande foi impecável ao aceitar o convite, escreve o editorial do jornal conservador, lembrando ao socialista que ele deve ter consciência de que herda um país dividido em dois ou mais, e que num mundo globalizado a França terá que compor com parceiros difíceis.

Para o Libération, o dia ontem foi de trégua. Sarkozy e Hollande deixaram de lado as armas e quiseram oferecer uma imagem de paz e união na cerimônia ontem no Arco do Triunfo, em Paris. Em editorial, Libé lembrou que no mesmo dia em que a Europa celebra a reconciliação após a rendição da Alemanha nazista, a União Europeia anuncia uma reunião de chefes de estado e de governo para discutir medidas de crescimento para o bloco. A mudança de rumo na França expôs uma verdade na opinião do jornal; a de que a rigidez na busca pela austeridade está sufocando as economias europeias.

A Europa está de olho na transição francesa, afirma o econômico Les Echos, citando o contexto delicado atual da Europa diante da postura inflexível da Alemanha de respeito ao pacto fiscal e do caos político e financeiro instalado na Grécia. Um dos editorialistas do jornal afirma que a França não tem interesse algum em isolar a Alemanha, lembrando que a diplomacia europeia é baseada no eixo Paris-Berlim e que neste momento é fundamental também salvar a Grécia.
 

tags: Cerimônia - François Hollande - Imprensa - Imprensa Francesa - Nicolas Sarkozy - Paris
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close