25 de Junho de 2012
Encontro internacional em Lima discute luta contra drogas
Na semana passada, o governo uruguaio anunciou que vai propor uma lei de descriminalização da maconha.
Na semana passada, o governo uruguaio anunciou que vai propor uma lei de descriminalização da maconha.
DR
Patricia Moribe

Cerca de 70 países participam de uma conferência internacional antidrogas em Lima, capital peruana, nesta segunda e terça. Na pauta de discussões, a busca de estratégias comuns e intercâmbio de experiências. Jorge Valência, assessor do órgão peruano de combate às drogas, fala sobre um dos principais temas: o problema da produção de drogas e as fronteiras.

 

A questao da descriminalização das drogas não esta na pauta oficial do encontro, uma vez que o governo peruano é contra iniciativas como a do Uruguai, que provocou alvoroco na semana passada. O presidente uruguaio, José Mujica, disse que vai propor um projeto de lei para permitir a venda e consumo de maconha a fim de combater o narcotráfico, a criminalidade e o consumo de pasta de cocaína, uma droga mais forte e viciante e ligada ao aumento da delinquência juvenil. O Estado assumiria o controle sobre a produção e distribuição de cannabis. Para o jurista Cristiano Maronna, mestre e doutor em direito pela USP e diretor do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, essa proposta poderia ser aplicada no Brasil.

A Conferência Internacional Antidrogas acontece em Lima, Peru, nos dias 25 e 26 de junho.

 

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close