Últimas notícias
Brasil/Cultura - 
Artigo publicado em 01 de Julho de 2012 - Atualizado em 01 de Julho de 2012

Paisagens do Rio de Janeiro viram Patrimônio Mundial da Unesco

O Aterro do Flamento e o Pão de Açúcar estão entre as paisagens consideradas como Patrimônio Cultural pela Unesco.
O Aterro do Flamento e o Pão de Açúcar estão entre as paisagens consideradas como Patrimônio Cultural pela Unesco.
Sec.Turismo do Rio/Ricardo Zerrener

Leticia Constant

Paisagem Cultural Urbana do Patrimônio Mundial. O Rio de Janeiro é a primeira cidade a receber este título, anunciado neste domingo pelo Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, na cidade russa de São Petersburgo. Agora, o Rio tem um motivo histórico para ser chamado de Cidade Maravilhosa. Os lugares considerados como paisagem cultural serão preservados a partir de agora.

 

 

"O Rio de Janeiro continua lindo...O Rio de Janeiro continua sendo..." (Gilberto Gil)

A partir deste domingo, o Pão de Açúcar, o Corcovado, a Floresta da Tijuca, o Aterro do Flamengo, o Jardim Botânico, a praia de Copacabana, a entrada da Baía de Guanabara, o morro e o Forte do Leme, o Forte de Copacabana, o Arpoador, o Parque do Flamengo e a enseada de Botafogo merecem uma reverência.

Entre montanha e mar, são estas as belezas cariocas valorizadas com o título da Unesco. 

O ministério da Cultura do Brasil já anunciou que vai realizar ações integradas para preservar estas paisagens. 

Luiz Fernando de Almeida,  presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, explicou que "a  relação harmoniosa entre a natureza e a intervenção humana foi a âncora da candidatura do Rio".

O dossiê da candidatura foi entregue em setembro de 2009 à Unesco. Em janeiro de 2011, o Centro do Patrimônio Mundial da Unesco decidiu incluir a candidatura da Cidade Maravilhosa.

Patrimônios Mundiais brasileiros

Além da Paisagem Cultural do Rio de Janeiro, o Brasil tem outros bens culturais e naturais reconhecidos pela Unesco.

Bens culturais: Conjunto Arquitetônico e Urbanístico de Ouro Preto, Minas Gerais (1980); Centro Histórico de Olinda, Pernambuco (1982); Ruínas de São Miguel das Missões, Rio Grande do Sul (1983); Santuário do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas, Minas (1985); Centro Histórico de Salvador, Bahia (1985); Conjunto Urbanístico de Brasília, Distrito Federal (1987); Centro Histórico de São Luís, Maranhão (1997); Centro Histórico de Diamantina, Minas Gerais (1999); Centro Histórico de Goiás, Goiás (2001); Praça de São Francisco em São Cristovão, Sergipe (2010).

Bens naturais: Parque Nacional do Iguaçu, Paraná (1986); Costa do Descobrimento, Bahia e Espírito Santo (1997); Parque Nacional Serra da Capivara, Piauí (1998); Reserva Mata Atlântica, São Paulo e Paraná (1999); Parque Nacional do Jaú, Amazonas (2000); Pantanal Mato-grossense, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (2000); Reservas do Cerrado: Parque Nacional dos Veadeiros e das Emas, Goiás (2001) e Parque Nacional de Fernando de Noronha, Pernambuco (2001).

 

tags: Brasil - Patrimônio - Rio de Janeiro - UNESCO
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close