16 de Julho de 2012
Passado empresarial de Romney é atacado durante campanha
Reprodução / TV
Adriana Moysés

Agora que a eleição presidencial americana está se aproximando e os eleitores prestam mais atenção nos candidatos, a campanha de Barack Obama começou a disparar chumbo grosso contra o republicano Mitt Romney. A melhor maneira de fazer Romney perder votos é expondo o lado negativo de sua atuação, por mais de uma década, como presidente da Bain Capital, uma empresa especializada em revitalizar companhias com mau desempenho.

 

No fim de semana, os democratas postaram um vídeo no Youtube acusando Romney de transferir empregos para países de mão de obra barata, quando trabalhava na Bain Capital, e ter contas bancárias em paraísos fiscais. A campanha democrata acusa o ex-governador de Massachussetts de não ter sido tão benéfico para a economia do país enquanto colocava em ordem as companhias clientes da Bain Capital. Além disso, dizem que Romney não está falando a verdade quando alega que se afastou da firma em 1999. Documentos da Bain Capital mostram Romney como executivo da empresa ainda em 2002. Os americanos não toleram a mentira.

O candidato republicano exige que Obama se desculpe pelos ataques. Mas o presidente americano em vez de se desculpar, disparou, neste fim de semana, ainda mais críticas ao seu oponente, conforme relata a correspondente da RFI em Washington Ligia Hougland.

Veja o vídeo divulgado pela campanha de Barack Obama:

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close