Últimas notícias
 
18 de Julho de 2012
Convivência com animais diminui infecções em bebês
Pesquisa mostra os benefícios da convivência com cães domésticos.
Pesquisa mostra os benefícios da convivência com cães domésticos.
REUTERS/Rebecca Cook
Ana Carolina Peliz

Animais de estimação fazem bem à saúde dos bebês. Isto é o que revela uma pesquisa publicada pela revista Pediatrics. Segundo o estudo, realizado por um grupo de pesquisadores finlandeses do hospital universitário de Kuopio, o contato com animais domésticos, principalmente cachorros, ajuda a fortalecer o sistema imunológico de crianças pequenas.

Os cientistas observaram o primeiro ano de vida de cerca de 400 crianças. Os que tinham contato com animais de estimação eram quase 30% mais resistentes e desenvolviam menos problemas respiratórios. Além disso, as crianças tinham, em média, menos necessidade de recorrer ao uso de antibióticos. O estudo mostrou também que a proteção é maior quando o cachorro fica dentro de casa durante pelo menos seis horas por dia e que diminui se o animal fica preso do lado de fora.

A hipótese da pesquisa era que o contato com os animais poderia ajudar a amadurecer o sistema imunológico, levando a reações mais eficazes e a períodos de infecção mais curtos. A situação foi confirmada mesmo depois que os pesquisadores consideraram outros fatores que aumentam os riscos de infecção como frequentar uma creche, conviver com fumantes, ter pais asmáticos, entre outros.

Segundo o imunologista Jean François Bach, da Academia Francesa de Ciências, os animais carregam germes e bactérias que não são malignos para os pequenos, ao contrário, ajudam a torná-los mais resistentes a alergias, mas também a outras doenças. Mas de acordo com o especialista, a principal contribuição desta pesquisa é o fato de ajudar a relativizar a noção de higiene.

 

Close