Últimas notícias
 
26 de Julho de 2012
Há 60 anos, a Argentina perdia Eva Perón e ganhava um mito
Eva Péron durante discurso do 1° de Maio de 1951, em Buenos Aires.
Eva Péron durante discurso do 1° de Maio de 1951, em Buenos Aires.
Wikipedia
Patricia Moribe

Há 60 anos, a Argentina perdia uma primeira-dama e ganhava um mito: Eva Perón. Nascida Maria Eva Duarte, a jovem atriz conheceu, em 1944, aos 24 anos, o ambicioso político Juan Domingo Perón, viúvo, com quem se casou no ano seguinte. Mais um ano e ele se tornava presidente da Argentina. Vaidosa e elegante, a carismática Evita tornou-se a “mãe dos pobres”. Ela morreu aos 33 anos, de câncer. O jornalista Ariel Palácios, correspondente em Buenos Aires do Estado de São Paulo e da Globonews, fala sobre o mito Eva Perón.
 

Close