Últimas notícias
Imprensa francesa - 
Artigo publicado em 13 de Agosto de 2012 - Atualizado em 13 de Agosto de 2012

Medalha de ouro para as Olimpíadas de Londres, dizem jornais franceses

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres no Parque de Sttratford.
A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres no Parque de Sttratford.

A Grã Bretanha organizou com brilhantismo a maior competição esportiva do planeta, elogia a imprensa francesa desta segunda-feira o país que durante duas semanas acolheu os melhores atletas do planeta e milhares de turistas do mundo inteiro. Mas os jornais apontam alguns questionamentos que surgem logo após o encerramento da festa como o gigantismo do evento e seus gastos e investimentos colossais.

Em editorial o La Croix diz que é preciso ser "fair play" e oferecer uma medalha de ouro aos ingleses pela organização "magistral "do evento e também pela performance de seus atletas que conquistaram 50 medalhas e ficaram apenas atrás dos Estados Unidos e China no quadro final.

Mas ao apagar da chama, questionamentos como a inflação dos custos, com o exemplo de Londres em que os gastos forma multiplicados por 4, e o retorno bem menor que o esperado em termos financeiros voltam à tona, lembra o jornal católico.

O comunista L'Humanité lança em sua manchete a pergunta: o gigantismo do evento está superando o caráter universal do espírito olímpico ? A reposta é sim, segundo o jornal. Uma das razões apontadas é que poucas cidades no mundo tem condições de acolher os Jogos Olímpicos com essa dimensão.

No caso do Rio, escreve o jornal, a escolha foi uma benção política porque tecnicamente a proposta da cidade brasileira era a mais fraca de suas concorrentes. A conquista da última medalha de ouro da França, no handebol masculino, ilustra as manchetes de outros jornais que trazem um balanço da participação do país.

Os franceses encontraram a mina de ouro, escreve o Le Figaro ao lembrar dos 11 títulos que garantiram ao país a sétima posição no quadro final de medalhas. O Le Parisien faz uma homenagem aos herois franceses que subiram ao lugar mais alto de pódio e entraram para a história olímpica como os nadadores Yannick Agniel, vencedor dos 100 metros, e Camille Muffat nos 400 metros, do judoca Teddy Rinner, e da seleção de handebol, bicampeã olímpica. Mas na foto central, o jornal francês estampou o atleta que mais brilhou em Londres: o jamaicano Usain Bolt, que faturou três medalhas de ouro.
 

tags: Imprensa - Imprensa Francesa - Jogos Olímpicos - Jogos Olímpicos de Londres - Londres 2012
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close