21 de Agosto de 2012
Crise de desemprego em Portugal cria solidariedade
Protesto em Lisboa contra a retração do mercado de trabalho, causada pela crise.
Protesto em Lisboa contra a retração do mercado de trabalho, causada pela crise.
Reuters
Leticia Constant

Os portugueses estão se unindo para combater o desemprego ou para, pelo menos, atenuar o drama de quem procura trabalho e não encontra. Segundo o Instituto Nacional de Estatística, no segundo trimestre do ano 15% da população ativa estava sem emprego, um recorde no país. Se forem contadas também as pessoas que desistiram de procurar emprego, o índice sobe para cerca de 25%, atingindo mais de um milhão de portugueses em idade ativa.

O correspondente de RFI em Portugal, Mauro Tagliaferri, explica que este contexto social difícil leva as pessoas a procurar ajuda e um grande número de redes e serviços surgiram para apoiar os desempregados no país.

 

 

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close