Últimas notícias
 
21 de Agosto de 2012
Tensões geopolíticas podem desestabilizar a Ásia
Ilhas Senkaku para os japoneses, Diaoyu para os chineses, objeto de forte disputa entre os dois países.
Ilhas Senkaku para os japoneses, Diaoyu para os chineses, objeto de forte disputa entre os dois países.
Reuters
Alfredo Valladão

A Ásia-Pacífico é hoje o principal motor do crescimento econômico no mundo. Mas há sinais de que o motor está tossindo. A Índia está freando, quase parando... Na China, os indicadores também estão em baixa.... O Japão, por seu lado, ainda não conseguiu sair da crise que derrubou a economia do país há mais de vinte anos. Quanto aos outros Estados do Sudeste Asiático, a freada chinesa já está tendo uma repercussão negativa nas exportações e criando problemas internos cabeludos.

Do ponto de vista econômico, a situação da região não é portanto nada alvissareira. Mas a principal ameaça não é econômica, mas sim a velha geopolítica. Desde de que mundo é mundo, governos em dificuldade tentam sair da enrascada criando inimigos externos. Nada melhor do que uma boa dose de nacionalismo agressivo para unir a população em volta dos dirigentes e esquecer os problemas domésticos. E é exatamente o que os países da Ásia Pacífico estão fazendo.

Ouça a crônica do nosso analista político Alfredo Valladão.

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close