Noruega/ Massacre - 
Artigo publicado em 23 de Agosto de 2012 - Atualizado em 23 de Agosto de 2012

Breivik prepara comentários para a leitura da sentença

O assassino norueguês Anders Breivik durante o quinto dia de seu julgamento no tribunal de Oslo.
O assassino norueguês Anders Breivik durante o quinto dia de seu julgamento no tribunal de Oslo.
REUTERS/Heiko Junge/Scanpix/Pool/Files

RFI

Na véspera do anúncio do veredicto no julgamento de Anders Behring Breivik, acusado pela morte de 77 pessoas no massacre de Utoya, as autoridades norueguesas temem uma nova provocação do extremista de direita. Os advogados de Breivik anunciaram na quarta-feira que seu cliente pretende intervir após a leitura da sentença e está preparando uma autobiografia.

A defesa informou que o jovem preparou dois comentários em função do resultado da sentença. Mas ainda não é certo que a Corte o autorize a se exprimir, temendo outro de seus discursos extremistas.

Também segundo os advogados de Breivik, ele prepara uma autobiografia com revelações sobre sua misteriosa organização, a Cavaleiros Templários, e a preparação dos atentados.

O tribunal de Oslo deverá decidir nesta sexta-feira se considera Breivik penalmente responsável e o condena a prisão, ou se ele padece de algum transtorno mental e deve ser internado em alguma instituição psiquiátrica, como pede a promotoria.

Breivik teme que um diagnóstico psiquiátrico descredite sua ideologia nacionalista e islamofóbica. Ainda que os fatos sejam reconhecidos, ele se diz inocente, afirmando ter agido para proteger seu país do multiculturalismo.

Uma primeira avaliação psiquiátrica oficial concluiu que ele era psicótico, posteriormente outra perícia, afirmou que ele estava suficientemente saudável para responder penalmente por seus atos.

Seja qual for a condenação, Breivik vai cumprir pena na prisão de Ila, nas proximidades de Oslo. O centro de detenção foi especialmente reformado para recebê-lo, incluindo a construção de um mini-centro psiquiátrico. Em Ila, ele terá três células, uma para exercícios físicos, com aparelhos de musculação e outra, um espaço de trabalho, com um computador sem conexão a Internet.

Breivik é julgado pela morte de 77 pessoas, oito em um atentado a bomba contra a sede do governo em Oslo, e 69 a tiros em um acampamento de verão da Juventude Trabalhista na Ilha de Utoeya, na Noruega.

 

tags: Anders Behring Breivik - Extrema-Direita - Julgamento - Massacre - Noruega - Oslo
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close