Alemanha/Greve - 
Artigo publicado em 07 de Setembro de 2012 - Atualizado em 07 de Setembro de 2012

Lufthansa e sindicato nomeiam mediador para greve histórica

Passageiros aguardam informações no aeroporto de Hamburgo, durante a greve.
Passageiros aguardam informações no aeroporto de Hamburgo, durante a greve.
Reuters

RFI

Nesta sexta-feira, a greve histórica dos tripulantes da companhia aérea alemã Lufthansa, exigindo melhores salários e condições de trabalho, obrigou a diretoria a aceitar a intervenção de um mediador. Centenas de voos foram cancelados, afetando milhares de passageiros. A mediação é um procedimento comum na Alemanha durante conflitos sociais e pode abrir caminho para um acordo.

 

A Lufthansa anunciou na noite desta sexta-feira que até a assinatura de um acordo não deve mais haver greves.  Segundo um porta-voz da companhia, mais de 100.000 passageiros foram afetados e cerca de 1.800 voos cancelados desde o início da paralisação à meia-noite da sexta-feira.

No aeroporto de Frankfurt - terceiro da Europa - e outros aeroportos da Alemanha (Munique, Berlin-Tegel e Hamburgo), diversas manifestações aconteceram depois do apelo do sindicato UFO, mentor do movimento.

Cerca de 2/3 dos 18.000 comissários e comissárias de bordo pararam, reivindicando uma alta de 5% dos salários a partir de abril deste ano, depois de três anos sem aumento. O sindicato também rejeita que a empresa recorra a trabalhadores temporários nos voos fora de Berlim, um procedimento que começou em junho passado.

A Lufthansa, por sua vez, oferece um aumento de 3,5%, aceita renunciar às demissões por motivos econômicos e aos contratos temporários, como pedem os grevistas.

Sábado

O tráfego da Lufthansa ainda deve estar bastante perturbado neste sábado, 8 de setembro, devido às dezenas de cancelamentos dos voos na sexta-feira.

O movimento de greve começou com uma primeira paralisação de oito horas no aeroporto de Frankfurt e depois endureceu, se espalhando por toda a Alemanha.

tags: Alemanha - Aviação - Greve - Salário - Sindicatos
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close