04 de Outubro de 2012
Ex-correspondente em Caracas lança livro com histórias da era Chavez
Capa do livro La Revolución sentimental de Beatriz Lecumberri
Capa do livro La Revolución sentimental de Beatriz Lecumberri
ediciones puntocero
Taíssa Stivanin

A jornalista espanhola Beatriz Lecumberri, ex-diretora do escritório da agência France Presse na Venezuela, lança nesta quinta-feira em Paris seu livro "A Revolução Sentimental", resultado da sua experiência de quatro anos no país, e de seus encontros com partidários e opositores do presidente Hugo Chavez, candidato à reeleição neste domingo, dia 7 de outubro. Através das histórias dos personagens reais que integram a obra, a jornalista traça um panorama crítico da situação política e social na Venezuela. De acordo com a autora, no livro ela não se posiciona contra ou a favor de Chavez, buscando a imparcialidade. Na sua experiência como correspondente em Caracas, uma das maiores dificuldades, conta a jornalista, era o acesso às fontes.
 

Close