08 de Outubro de 2012
Crise da Espanha domina reunião dos ministros das Finanças da zona do euro
Milhares de pessoas saíram às ruas neste domingo, na Espanha, em protesto contra os cortes orçamentários e os planos de austeridade.
Milhares de pessoas saíram às ruas neste domingo, na Espanha, em protesto contra os cortes orçamentários e os planos de austeridade.
REUTERS/Jon Nazca
Maria Emilia Alencar

A crise na Espanha e o Mecanismo de Estabilidade Financeira da zona do euro serão os principais temas em pauta na reunião dos ministros das Finanças do bloco nesta segunda-feira, em Luxemburgo. Eles têm a missão de preparar a próxima cúpula dos líderes europeus, nos dias 18 e 19 deste mês em Bruxelas, que será dedicada à estabilização do euro.

Nossa correspondente em Bruxelas, Letícia Fonseca, explica que apesar dos desmentidos do premiê espanhol, as especulações sobre um provável pedido de socorro de Madri à União Europeia estão cada vez mais fortes e Bruxelas acompanha com atenção os acontecimentos na Espanha. No entanto, os ministros das Finanças do bloco não devem tomar nenhuma decisão sobre isso nesta segunda-feira.

O que certamente será oficializado na reunião em Luxemburgo é a criação do Mecanismo de Estabilidade Financeira, que passará a ser o principal instrumento anticrise da zona do euro, substituindo gradualmente o Fundo Europeu de Estabilização Financeira. Além disso, os ministros europeus também devem ser informados pelos inspetores da chamada troïka (União Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) sobre o andamento das negociações para a aplicação de mais um plano de austeridade na Grécia.

 

 

 

 

 

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close