Últimas notícias
 
16 de Outubro de 2012
Portugueses não aguentam mais tanta austeridade
Protesto em frente ao Parlamento português contra o projeto de orçamento para 2013
Protesto em frente ao Parlamento português contra o projeto de orçamento para 2013
REUTERS/Jose Manuel Ribeiro
Maria Emilia Alencar

O governo de Portugal apresentou, ontem, o orçamento do Estado para 2013. As medidas previstas são consideradas o mais duro ajuste das contas públicas já feito no país. A classe média assalariada será a principal atingida. O orçamento prevê, por exemplo, um aumento médio de 35% do Imposto de Renda. Portugal já havia adotado medidas de austeridade no orçamento deste ano, mas errou as contas e por isso terá de impor mais austeridade em 2013. O governo espera reduzir o endividamento do Estado dos atuais 6% do PIB para 4,5% no ano que vem, cumprindo a meta acordada com os credores do país. O jornalista Mauro Tagliaferri dá de Lisboa os detalhes do orçamento português para 2013 e diz que a paciência da população está chegando ao fim.
 

Close