19 de Outubro de 2012
Bascos espanhóis votam um ano depois do fim da luta armada
Candidatos das eleições no país basco posam antes de debate televisivo.
Candidatos das eleições no país basco posam antes de debate televisivo.
REUTERS/Vincent West
Maria Emilia Alencar

No próximo domingo, 21 de outubro, serão realizadas eleições regionais no País Basco espanhol, um ano depois que a Organização Separatista Basca ETA anunciou o fim da luta armada, que deixou cerca de 900 mortos. Em clima de paz, essa próspera região do norte da Espanha elege domingo o seu parlamento que deverá contar com um significativo número de representantes independentistas. Mais um problema para o premiê conservador espanhol, Mariano Rajoy, que já enfrenta o crescimento do movimento nacionalista na Catalunha. No último dia 11 de setembro, dia nacional da Catalunha, mais de um milhão de pessoas saíram às ruas de Barcelona para pedir a independência da região. Seu único consolo será a Galícia, no noroeste da Espanha, onde as pesquisas apontam a vitória folgada do Partido Popular (PP) que já está no poder. No programa Linha Direta, nossa correspondente em Barcelona, Fina Iñiguez, analisa a relação entre as reivindicações de independência de diferentes regiões da Espanha e a grave crise econômica que afeta atualmente o país.

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close