Últimas notícias
 
23 de Outubro de 2012
Exército libanês lança vasta operação para manter segurança do país
O exército libanês está presente nas ruas de Beirute com o objetivo de conter violência.
O exército libanês está presente nas ruas de Beirute com o objetivo de conter violência.
REUTERS/Mohamed Azakir
Elcio Ramalho

O Líbano está mesmo à beira de uma guerra civil? É o que muitos acreditam após o atentado do último sábado que matou 9 pessoas, entre elas o chefe da Inteligência do país, Wissam Al–Hassan. Desde então, políticos de diversas correntes trocam acusações verbais e militantes de partidos rivais promovem confrontos violentos em diversas regiões do país. Logo após a explosão, o regime sírio foi apontado como o mandante do atentado, assim como os grupos libaneses que o apoiam. O governo mandou tropas às ruas para reabrir estradas bloqueadas e garantir a segurança da população civil. Segundo a correspondente da RFI Brasil no Líbano, Chadia Kobeissi, a guerra civil só não estorou ainda porque o movimento xiita Hezbollah evita responder aos ataques do grupo anti-Síria, 14 de março.

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Close