Rússia/Incêndios - 
Artigo publicado em 20 de Agosto de 2010 - Atualizado em 20 de Agosto de 2010

Incêndios chegam ao fim até domingo, diz governo russo

Bombeiros combatem incêndios na Rússia.
Bombeiros combatem incêndios na Rússia.
REUTERS/Mikhail Voskresensky

Taíssa Stivanin

O prejuízo provocado pelo fogo, causado pela forte onda de calor, já chega a 360 milhões de euros, mas pode aumentar.

Os incêndios na Rússia estarão totamente controlados até domingo, segundo o Ministério de Situações de Urgência. Até agora, 95% dos focos na região de Moscou já foram apagados. De acordo com uma estimativa do governo, o prejuízo provocado pelos incêndios já chega a 360 milhões de euros, mas pode aumentar. A maior parte dos recursos foi usada nos equipamentos de combate às chamas, na construção de novas casas e na compra de combustível para os bombeiros.

Atualmente, o fogo atinge somente 11 mil e 200 hectares, contra quase 200 mil há cerca de dez dias, no auge da catástrofe. Mas o governo acredita que cerca de um milhão de hectares foram destruídos pelas chamas, que também provocaram a morte de 54 pessoas e deixaram 3500 desabrigados. Doze dias depois do início da tragédia, as autoridades russas também decretaram estado de emergência em sete regiões russas.

Os incêndios na Rússia foram provocados por uma forte onda de calor, uma das maiores da história do país. Nesta quinta-feira, a Meteorologia deu uma trégua para a população. A temperatura registrada foi de 24 graus e deve continuar a cair nos proximos dias. O governo russo também anunciou que vai reforçar a segurança perto das usinas nucleares do país. A usina de Sarov, perto de Moscou, quase foi atingida pelas chamas, criando um risco de vazamento radioativo.
 

tags: Incêndio - Rússia
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close