Morte de Bin Laden - 
Artigo publicado em 04 de Maio de 2011 - Atualizado em 04 de Maio de 2011

Obama decide não divulgar as fotos do cadáver de Bin Laden

Barack Obama disse que as imagens do cadáver de Bin Laden são muito violentas e poderiam representar um perigo para os Estados Unidos.
Barack Obama disse que as imagens do cadáver de Bin Laden são muito violentas e poderiam representar um perigo para os Estados Unidos.
Reuters

Silvano Mendes

Após três dias de polêmica sobre as imagens do corpo do chefe da Al Qaeda, morto durante uma operação no Paquistão, o presidente norte-americano decidiu que as fotos do cadáver de Osama Bin Laden não serão mostradas. O chefe da Casa Branca estima que a divulgação representaria um risco para a segurança dos Estados Unidos. 

Desde que a morte de Osama Bin Laden foi anunciada no último domingo, o governo norte-americano estuda a possível divulgação das fotos do cadáver do chefe do grupo terrorista Al Qaeda. Mas nesta quarta-feira, após várias discussões, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu que as images não serão mostradas, pois elas representariam um risco para a segurança nacional. Obama teme que as fotos sejam usadas como instrumento de propaganda terrorista.

O presidente norte-americano anunciou a decisão em uma entrevista concedida ao canal de televisão CBS. O conteúdo da conversa só irá ao ar no domingo, mas o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, divulgou a transcrição da entrevista nesta quarta-feira.

Obama teria dito que Bin Laden teve o que merecia. “Eu acho que os americanos e as pessoas do mundo todo estão contentes com sua morte”, relatou o porta-voz, lendo a transcrição da entrevista. 

O chefe da Casa Branca disse ainda que muitas pessoas vão duvidar da morte do terrorista, mas ele considera que as fotos são muito violentas, e por essa razão prefere não mostrá-las. Bin Laden foi morto com vários tiros, inclusive no rosto.

No entanto, o presidente norte-americano garante que o corpo que foi jogado no mar poucas horas após o ataque das forças de Washington no Paquistão era o do chefe da Al Qaeda. “Nós temos certeza de que era ele. Várias análises e testes de DNA foram realizados e não há nenhuma dúvida de que nós matamos Osama Bin Laden”, disse Obama.
 

tags: Barack Obama - Bin Laden - Terrorismo
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close