Síria/Sanções - 
Artigo publicado em 24 de Junho de 2011 - Atualizado em 24 de Junho de 2011

Novas sanções europeias contra Síria entram em vigor

Reunião de líderes europeus, em Bruxelas.
Reunião de líderes europeus, em Bruxelas.
The Council of the European Union

Adriana Brandão

A União Europeia aumenta a pressão sobre o regime sírio. Nesta sexta-feira entrou em vigor uma nova série de sanções visando Damasco, a terceira, desde o início da repressão aos opositores.
 

A principal medida, publicada hoje no diário oficial da União europeia, amplia a lista de personalidades ligadas ao regime sírio visadas pelas sanções europeias. Três iranianos e mais quatro empresas foram incluídos na lista de instituições e personalidades que terão seus bens congelados na Europa e serão proibidos de entrar no bloco.

Os três iranianos são os responsáveis pelos Guardiões da Revolução, o exército de elite do Irã, e são acusados pelos europeus de fornecer material e apoio para o regime do presidente Bashar Al-Assad reprimir com violência seus opositores.

Os chefes de estado e de governo reunidos em Bruxelas também devem aprovar uma declaração final condenado com mais firmeza o regime sírio que, segundo os líderes europeus, perdeu toda a legitimidade ao continuar reprimindo com violência os opositores ao invés de cumprir as promessas de promover verdadeiras reformas políticas no país.

O presidente Bashar Al-Assad e mais 22 integrantes do regime sírio já tinham sido alvo das primeiras duas rodadas de sanções europeias. A União Europeia também impôs, no início de maio, um embargo de venda de armas para a Síria.
 

tags: Conselho europeu - Síria - União Europeia
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close