Últimas notícias
Aung San Suu Kyi/Mianmar - 
Artigo publicado em 02 de Maio de 2012 - Atualizado em 02 de Maio de 2012

Aung San Suu Kyi presta juramento como deputada em Mianmar

A líder democrática Aung Suu Kyi assina o livro de registro do parlamento de Mianmar, ao tomar posse em sessão histórica, nesta quarta-feira.
A líder democrática Aung Suu Kyi assina o livro de registro do parlamento de Mianmar, ao tomar posse em sessão histórica, nesta quarta-feira.
REUTERS/Soe Zeya Tun

RFI

Depois de uma semana de incerteza, a vencedora do Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi prestou juramento nesta quarta-feira no Parlamento birmanês como deputada. Ela assume, assim, o primeiro mandato eleitoral após duas décadas de uma árdua batalha pró-democracia e 15 anos de prisão domiciliar.

“É um evento importante para o futuro de Mianmar”, declarou Hillary Clinton, através de um comunicado. A secretária de Estado norte-americana, em visita oficial a Pequim, felicitou o presidente birmanês, Thein Sein, por ter permitido a realização das eleições parciais do último dia 1° de abril. Ela acrescentou que os Estados Unidos consideram que esse pleito como parte da transição a uma verdadeira democracia pluripartidária, processo que será concretizado com as próximas eleições gerais, previstas para 2015.

Suu Kyi, 66 anos, foi eleita junto com outros 33 membros da Liga Nacional para a Democracia (LND). Num momento de muito simbolismo para a reabertura política do país, a defensora dos direitos humanos assinou o livro de registro do Parlamento em Naypyidaw e ocupou o seu assento na Câmara, em uma solenidade transmitida pela televisão estatal de Mianmar.

Durante uma semana, os novos membros do parlamento se recusaram a prestar juramento, reivindicando a troca do "proteger" por "respeitar" na Constituição de 2008. Mas os novos parlamentares recuaram e decidiram prestar o juramento mesmo sem a alteração. A vitória incontestavel da LND nas urnas foi uma consequência das reformas democráticas que começaram a ocorrer em Mianmar há cerca de um ano, com a saída da junta militar.
 

tags: Aung San Suu Kyi - Birmânia
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close