Últimas notícias
Asia/diplomacia - 
Artigo publicado em 13 de Julho de 2012 - Atualizado em 13 de Julho de 2012

Reunião da ASEAN para resolver conflitos termina sem acordo

Participantes do encontro da ASEAN em Phnom Penh, Camboja
Participantes do encontro da ASEAN em Phnom Penh, Camboja
REUTERS/Samrang Pring

RFI

Os ministros das relações exteirores da Asean ( Associação das Nações do Sudeste Asiático) não chegaram à um acordo para acabar com as tensões territoriais que ameaçam os países do grupo. As dez lideranças asiáticas se reuniram em Phnom Penh, capital do Camboja, com a presença da secretária de estado americana Hillary Clinton, para estabelecer um "código de conduta entre as partes". O resultado é considerado um fracasso.

O governo Chinês reinvindica o poder soberano sobre ilhas localizadas no mar da China. Os chineses e vietnamitas disputam os arquipélagos de Paracels e Spratleys, ambos ricos em combustíveis fósseis e estão situados em uma importante vía marítima. O Arquipélago de Spratleys é também reivindicado, em parte ou em sua totalidade, pelas Filipinas, pelo sultanato de Brunei, bem como a Malásia e Taiwan. Países rivais da China nesta disputa territorial acusamo governo do Camboja em proteger os interesses do vizinhos chineses. Após dias de negociações fracassadas, a China afirmou que somente iniciará as discussões sobre o código de conduta no "momento oportuno" e defendeu que as diferenças fronteiriças seja resolvidas em acordos bilaterais.

Os dez ministros terminaram a reunião sem mesmo publicar um comunicado final, com propostas que seriam fruto das conversas entre as partes. Segundo diplomatas, Phnom Penh, apóia deliberadamente a China em troca de apoio econômico de Pequim.

Segundo analistas internacionais, as divisões da ASEAN podem contaminar as negociações futuras entre o bloco e a China sobre o "código de conduta", em discussão há dez anos. O texto do código pretende impedir os incidentes diplomáticos nas áreas de pesca, estabelecer regras para a navegação e evitar que a exploração petrolífera em águas profundas gere conflitos. Esse texto nunca foi aprovado, já que os países asiáticos do bloco nunca chegaram a um consenso.
 

tags: ASEAN - Ásia - Camboja - China
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close