Últimas notícias
Síria/Conflito - 
Artigo publicado em 21 de Agosto de 2012 - Atualizado em 21 de Agosto de 2012

Rebeldes sírios afirmam controlar dois terços de Aleppo

Garotos sírios transportam pão para festejar o fim do Ramadan em Aleppo.
Garotos sírios transportam pão para festejar o fim do Ramadan em Aleppo.
REUTERS/Youssef Boudlal

RFI

Os rebeldes sírios controlam quase dois terços de Aleppo, segunda maior cidade do país, no norte do território, onde acontece uma batalha decisiva para o regime, afirmou à Agência France Presse (AFP) o chefe do conselho militar rebelde da província. "Controlamos na atualidade mais de 60% da cidade de Aleppo. Cada dia controlamos mais bairros", afirmou o coronel Abdel Jabbar al-Oqaidi, entrevistado por telefone.
 

O coronel rebelde relatou que toda vez que o Exército Sírio Livre (ASL) toma o controle de um bairro, o Exército regular responde com bombardeios, algo que as autoridades sírias negam.

Após uma segunda-feira sangrenta, em que pelo menos 167 pessoas morreram segundo levantamento do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), o Exército continua bombardeando Aleppo e sua periferia. O OSDH já recebeu informações sobre a morte de pelo menos 15 pessoas em todo o país nesta terça-feira, incluindo mulheres e crianças.

Jornalistas são capturados pelo regime

Dois jornalistas do canal de televisão em língua árabe Al Hurra, com sede em Washington, foram capturados pelas forças favoráveis ao regime sírio em Aleppo, informou o coronel rebelde Abdel Jabbar al Oqaidi, chefe do conselho militar do Exército Sírio Livre da província de Aleppo. "O jornalista árabe estava ferido no momento em que foi capturado, já o cinegrafista turco estava ileso", acrescentou.

No momento da captura, os dois estavam em Sleiman al Halabi, um bairro próximo ao centro de Aleppo, onde uma jornalista japonesa que cobria os combates morreu na segunda-feira.

Obama acena com intervenção caso regime use armas químicas

Nessa segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que seu governo pode considerar a eventualidade de uma intervenção militar se for confirmada a utilização de armas químicas e biológicas pelo regime sírio contra a população.

A Rússia, principal aliada do regime de Bashar al-Assad, voltou a insistir hoje que as potências ocidentais devem apenas criar as condições para a abertura de um diálogo entre as diferentes partes em conflito na Síria, conforme declarou o chefe da diplomacia Serguei Lavrov. "Não deve haver nenhuma ingerência exterior", disse o ministro russo em resposta ao comentário da Casa Branca.

Hollande tenta combater imagem de inércia

Acusado de inércia pela oposição, o presidente francês, François Hollande, tenta ter um papel mais ativo na solução do conflito. Hoje, Hollande e o ministro das Relações Exteriores Laurent Fabius recebem em Paris o presidente do Conselho Nacional Sírio (CNS), principal coalizão de oposição, Abdel Basset Sayda. Na segunda-feira, Hollande já tinha conversado no Palácio do Eliseu com o novo mediador internacional para a Síria, Lakhdar Brahimi, ocasião em que destacou que nenhuma solução política será possível na crise síria sem que al-Assad deixe o poder. O líder francês enfatizou que a prioridade é cessar a violência que tomou conta do país há 17 meses.

ONG Médicos Sem Fronteiras instala hospital no norte da Síria

A organização francesa Médicos Sem Fronteiras (MSF) instalou um hospital fixo no norte da Síria, em uma zona controlada pelos rebeldes, anunciou nesta terça-feira o diretor-geral Filipe Ribeiro. O hospital, situado num local que a MSF não quis precisar, está funcionando há cerca de dois meses e já realizou 300 intervenções cirúrgicas. A capacidade do hospital é para 12 leitos, que podem aumentar para 30 se necessário. Segundo Ribeiro, uma associação de médicos sírios está associada ao projeto.

Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close