EUA/eleições - 
Artigo publicado em 30 de Agosto de 2012 - Atualizado em 31 de Agosto de 2012

Republicanos apostam em Paul Ryan para atrair conservadores

Mitt Romney, à esquerda, e Paul Ryan no dia 11 de agosto de 2012.
Mitt Romney, à esquerda, e Paul Ryan no dia 11 de agosto de 2012.
REUTERS/Jason Reed

Designado no último dia 11 de agosto, Paul Ryan já é conhecido por representar a ala jovem republicana dos Estados Unidos. Este jovem republicano de 42 anos tem tudo para atrair o eleitorado americano católico fervoroso. Com estudos em economia, ele é um inimigo feroz das despesas públicas e do déficit.

Paul Ryan pode parecer muito jovem, mas é considerado experiente na vida política americana. Começou com 19 anos, estagiando no Senado americano. Com 28 anos, ele foi eleito pela primeira vez a um mandato legislativo. Em seguida, foi escolhido mais sete vezes consecutivas ao mesmo cargo. Desde 2010, Ryan é o presidente da poderosa Comissão do Orçamento da Câmara dos Deputados. Como presidente dessa comissão, o republicano é acusado pelos democratas de defender uma política fiscal muita dura para as classes mais pobres.

Paul Ryan é casado e pai de três filhos. Ele é exatamente o contrário do candidato à presidência Mitt Romney. Ryan é católico, Romney é mórmon, um detalhe importante nos Estados Unidos. Mitt Romney é acusado de não conhecer muito a realidade e preocupações da maioria dos americanos. Ryan, por sua vez, é conhecido pela austeridade econômica. Idéias como a proibição do aborto, mesmo em casos de estupro, e o impedimento do casamento homossexual, fazem parte do seu discurso. Além disso, ele foi designado sobretudo para atrair a ala mais conservadora dos republicanos, um grupo que até agora não foi seduzido por Mitt Romney, apontado como candidato de centro.

Partidários republicanos e até mesmo adversários democratas reconhecem em Paul Ryan um líder intelectual. A revista TMZ o elegeu como o candidato mais sexy da história à vice-presidência dos Estados Unidos. Mas nada disso servirá para descrever bem quem é o político republicano. Segundo o jornal New Yorker, para antecipar o que os republicanos farão em caso de vitória em novembro, não será necessário compreender as idéias de Mitt Romney. Será preciso conhecer os planos de Paul Ryan.
 

tags: Eleições Americanas 2012 - Mitt Romney
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close