Síria/Conflito - 
Artigo publicado em 01 de Setembro de 2012 - Atualizado em 01 de Setembro de 2012

Rebeldes atacam forças aéreas sírias para diminuir bombardeios

Um helicóptero atingido durante ataque rebelde ao aeroporto militar de Taftanaz, entre Aleppo e Idleb.
Um helicóptero atingido durante ataque rebelde ao aeroporto militar de Taftanaz, entre Aleppo e Idleb.
AFP PHOTO/HO/YOUTUBE

RFI

Os rebeldes sírios concentraram os ataques contra as forças aéreas leais ao presidente Bashar al-Assad. Eles atacaram neste sábado um aeroporto militar no leste do país e ocuparam uma torre de defesa aérea na região petrolífera de Deir ez-Zor, no norte da Síria.

Os ataques contra as forças aéreas do regime começaram há alguns dias quando os rebeldes atacaram os aeroportos militares de Aleppo e de Idlib. Eles afirmam que destruíram uma dezena de aviões e helicópteros.

Nos ataques deste sábado, os rebeldes detiveram 16 pessoas e apreenderam vários mísseis anti-aéreos, informa o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). O objetivo dessa estratégia é enfraquecer os bombardeios das forças leais ao regime que intensificaram os ataques aéreos contra as regiões contraladas pelos rebeldes.

Também neste sábado, o OSDH anunciou a descoberta de 18 corpos na região de Damasco, provavelmente executados friamente. A repressão se intensifica e a onda de imigração de pessoas que fogem do país também. O número de refugiados sírios na Turquia e na Jordânia ultrapassou os 150 mil levando Ancara a relançar o pedido para o estabelecimento de uma zona tampão na Síria.

tags: Ataques - Bashar al-Assad - Conflito armado - Exército sírio livre - Jordânia - Rebeldes - Refugiados - Síria - Turquia
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close